Irmãos Wesley e Joesley Batista viram réus por manipulação de mercado

Getty Images
Controladores da JBS são acusados de terem usado a informação sobre a delação premiada para obterem ganhos (Getty Images)

Os irmãos Joesley e Wesley Batista, controladores da JBS, tornaram-se réus hoje (16), sob acusação de uso de informação privilegiada e manipulação de mercado, após o juiz João Batista Gonçalves, da 6ª Vara Federal de São Paulo, aceitar denúncia feita contra ambos pelo Ministério Público Federal (MPF), informou a Justiça Federal paulista.

LEIA TAMBÉM: Justiça decreta bloqueio de bens da família Batista e de empresas do grupo J&F

Joesley e Wesley são acusados pelos procuradores de terem usado a informação sobre a delação premiada que firmaram com a Procuradoria-Geral da República para obterem ganhos nos mercados financeiros. Os dois estão presos por causa deste caso.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).