Negócios

Minoritários da JBS iniciam arbitragem contra irmãos Batista

Getty Images

O grupo pretende ainda levar a queixa contra os irmãos Batista à Justiça (Getty Images)

Um grupo de acionistas minoritários da JBS abriu um processo de arbitragem contra os controladores da empresa, confirmou nesta terça-feira (3) o advogado Marcio Lobo, durante a Comissão Parlamentar de Inquérido (CPI) da JBS.

LEIA MAIS: CPI da JBS aprova quebra de sigilos de Joesley, Saud e de ex-procurador Miller

Segundo o advogado que representa o grupo, a medida busca o ressarcimento aos acionistas pelas perdas de R$ 600 milhões referentes a desvios confessados pelos controladores. O grupo pretende ainda levar a queixa à Justiça, embora uma ação neste âmbito ainda não tenha sido iniciada.

A informação de que a Associação dos Investidores Minoritários e o acionista Aurélio Valporto são os autores do processo encaminhado à Câmara de Arbitragem do Mercado da B3 em 16 de agosto foi divulgada mais cedo pelo jornal “O Estado de S. Paulo”.

O advogado destacou que o grupo de minoritários não conseguiu reunir 5% dos votos da JBS para convocar uma assembleia geral.

Comentários
Topo