Negócios

Statoil faz joint venture para construir plantas de energia solar no Brasil

iStock

Statoil vai expandir sua carteira de energia renovável, que até agora se consistiu principalmente por projetos eólicos offshore (iStock)

A norueguesa Statoil deu o primeiro passo rumo ao setor de energia solar nesta quarta-feira (4), realizando uma joint venture com a empresa de energia renovável Scatec Solar, listada em Oslo, em uma parceria que tem por objetivo construir várias plantas de energia solar no Brasil.

LEIA MAIS: Francesa EDF anuncia aquisição de nova usina solar no Brasil

Afetadas pela pressão sobre os preços do petróleo nos últimos dois anos, as companhias petrolíferas europeias intensificaram sua expansão em energia renovável para buscar novas fontes de receita.

Com uma participação de 40% no complexo Apodi, a ser construído pela Statec e que terá capacidade de 162 megawatts, e uma fatia de 50% na empresa de execução do projeto, a Statoil vai expandir sua carteira de energia renovável, que até agora se consistiu principalmente por projetos eólicos offshore.

“O ativo Apodi é um primeiro passo rumo à indústria de energia solar e pode demonstrar como essa energia pode fornecer à Statoil oportunidades de crescimento lucrativas”, disse a empresa em comunicado.

Comentários
Topo