Negócios

Bunge reduz previsão de ganhos em negócios agrícolas

iStock

A empresa espera lucro entre US$ 425 milhões e US$ 500 milhões (iStock)

A gigante de commodities agrícolas Bunge reduziu nesta quarta-feira (1) sua previsão de lucros para o segmento de agronegócio, sua principal unidade, em meio a quatro anos de queda nos preços dos grãos, devido a uma série de colheitas recordes.

LEIA MAIS: Bunge compra fatia minoritária na revenda de grãos de MT Agrícola Alvorada

A empresa afirmou que agora espera lucro antes de juros e impostos (Ebit) entre US$ 425 milhões e US$ 500 milhões no setor de negócios agrícolas. Anteriormente, a empresa havia previsto um Ebit no segmento entre US$ 550 milhões e US$ 650 milhões.

A Bunge, no entanto, disse que espera que os lucros melhorem no 4º trimestre, que é sazonalmente mais forte.

Para o trimestre encerrado em 30 de setembro, a Bunge disse que o lucro líquido atribuível aos acionistas caiu para US$ 84 milhões, ou US$ 0,59 por ação, ante US$ 116 milhões, ou US$ 0,83 por ação, um ano antes.

Excluindo itens, a Bunge divulgou lucro de US$ 0,75 por ação, superando estimativa dos analistas, de US$ 0,73 por ação, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

As vendas líquidas ficaram estáveis em US$ 11,42 bilhões.

Comentários
Topo