Negócios

Fortuna de Jeff Bezos supera US$ 100 bilhões depois da Cyber Monday

Getty Images

No momento, a fortuna de Bezos está em US$ 100,3 bilhões, mais de US$ 700 milhões acima da última sexta-feira (24). (Getty Images)

O fundador e CEO da Amazon Jeff Bezos acaba de tornar-se o único homem do mundo com fortuna de 12 dígitos ao acumular mais de US$ 100 bilhões pela primeira vez, de acordo com o ranking FORBES dos maiores bilionários. No momento, a fortuna de Bezos está em US$ 100,3 bilhões, mais de US$ 700 milhões acima da última sexta-feira (24).

VEJA TAMBÉM: Jeff Bezos ultrapassa Bill Gates de novo e volta a ser o mais rico do mundo

A última vez em que alguém cruzou o marco de US$ 100 bilhões foi durante o boom das empresas “ponto com”. O cofundador da Microsoft, Bill Gates, ocupou brevemente essa posição em abril de 1999, quando as ações da empresa atingiram seu pico. Agora, quase 20 anos depois, Gates é a segunda pessoa mais rica do mundo depois de Bezos, com fortuna de US$ 89,4 bilhões – excluindo os mais de US$ 35 bilhões que ele doou a sua fundação ainda em vida.

O rápido crescimento de Bezos foi conduzido pelas ações da Amazon, que cresceram quase 60% em 2017 e atingiram alta recorde de US$ 1.213.41 por ação na segunda-feira (27).

Bezos se tornou brevemente a pessoa mais rica do mundo em julho, por meras quatro horas, antes de voltar à vice-liderança. Então, em 27 de outubro, superou, mais uma vez, Bill Gates, graças à valorização das ações da gigante do varejo, que acrescentou US$ 10 bilhões a sua fortuna em um só dia. O bilionário mantém, desde então, sua posição no topo da lista e, atualmente, é US$ 10,68 bilhões mais rico do que Gates.

Quando FORBES publicou seu ranking anual dos 400 norte-americanos mais ricos em outubro, Bezos tinha US$ 81,5 bilhões, US$ 7,5 bilhões a menos do que Gates. Nos dois meses desde então, as ações crescentes da Amazon somaram quase US$ 20 bilhões ao seu patrimônio. Bezos entrou no ranking de maiores bilionários do mundo pela primeira vez em 1998 com fortuna de US$ 1,6 bilhão, um ano depois de a Amazon ter se tornado uma empresa de capital aberto.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Comentários
Topo