Negócios

Victoria Beckham obtém US$ 40 milhões para expandir negócio de roupas

Getty Images

Victoria exibe suas coleções em Nova York e é aclamada pela crítica (Getty Images)

Victoria Beckham, a ex-Spice Girl que se transformou em estilista de moda de luxo, obteve £ 30 milhões (US$ 40 milhões) para expandir suas lojas e seu comércio digital por meio de um novo financiamento da NEO Investment Partners.

LEIA MAIS: 50 celebridades mais bem pagas do mundo em 2017

O site “The Business of Fashion” disse que o acordo avaliou o negócio em £ 100 milhões.

Fundada em 2008, a Victoria Beckham Limited vende por meio de 400 estoquistas em mais de 50 países. Seus proprietários são Victoria, seu marido David Beckham e o agente Simon Fuller, e a grife fabrica a maior parte de suas peças de roupa no Reino Unido.

“A NEO é a parceira perfeita para nos acompanhar agora no próximo passo de nossa jornada”, disse ela em um comunicado.

“Eles entendem minha visão e meu desejo de que a empresa retenha sua independência, além do meu compromisso de continuar a desenvolver a marca com uma abordagem única e que pensa adiante.”

Victoria Beckham conquistou a fama como integrante das Spice Girls, uma girl band dos anos 1990 que vendeu 85 milhões de discos e se tornou um dos grupos pop mais bem-sucedidos de todos os tempos.

VEJA TAMBÉM: David e Victoria Beckham compram mansão mais cara dos EUA

Apelidada de Posh Spice, ela se casou com Beckham em 1999, formando um dos casais de celebridades mais notórios de seu país.

Atualmente Victoria, que inicialmente teve dificuldade para ser levada a sério pela indústria da moda, exibe suas coleções em Nova York e foi aclamada pela crítica. Beckham e as roupas de sua esposa estão em jornais de todo o mundo, e algumas de suas peças chegam a custar £ 2.000.

Comentários
Topo