BK Brasil estreia na bolsa em baixa

iStock
A BK e seus acionistas levantaram R$ 2,2 bilhões com a oferta que saiu no topo da faixa indicativa (iStock)

As ações da BK Brasil, operadora da rede de lanchonetes Burger King no país, iniciaram os negócios na B3 em queda em relação à precificação de sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), que saiu no teto da faixa indicativa.

LEIA MAIS: IPO de operador do Burger King no Brasil levanta R$ 2,2 bilhões

Às 10h33, as ações da companhia eram negociadas a R$ 17,85, queda de 0,83% em relação à precificação do IPO, de R$ 18.

A BK e seus acionistas levantaram R$ 2,2 bilhões com a oferta que saiu no topo da faixa indicativa, que ia de R$ 14,50 a R$ 18.

As ações da BK estreiam na B3 depois do início dos negócios da BR Distribuidora, na sexta-feira (15), que fecharam o primeiro dia de negócios com ganhos de quase 7% em relação à precificação do IPO.

A sessão deveria marcar ainda a estreia das ações da Neoenergia, mas a empresa pediu à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o cancelamento do pedido IPO, citando as “atuais condições de mercado”.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).