BMW planeja vender 500 mil veículos elétricos e híbridos até o fim de 2019

Divulgação
As duas séries do híbrido plug-in Active Tourer tem forte demanda na Europa ocidental e nos Estados Unidos (Divulgação)

A montadora alemã BMW planeja mais do que dobrar o número de veículos elétricos e híbridos que já vendeu, para 500 mil até o fim de 2019, disse o presidente-executivo Harald Krueger à publicação alemã WirtschaftsWoche.

LEIA MAIS: BMW eleva previsão para lucro anual apesar de resultado mais fraco no 3º tri

Só em 2018, as entregas de veículos elétricos devem crescer para um “percentual médio de dois dígitos”, disse ele.

Pioneira em carros elétricos, a BMW lançou o modelo hatch i3 em 2013, mas as vendas foram relativamente baixas e a administração tem enfrentado dificuldades para se tornar totalmente elétrica.

Mas isso mudou em setembro, quando o grupo sediado em Munique disse que irá se preparar para a produção em massa de veículos elétricos e quer ter 12 modelos totalmente elétricos até 2025 com autonomia de até 700 km.

O grupo disse na segunda-feira (18) que havia atingido sua meta de vender 100 mil carros totalmente elétricos este ano ao redor do mundo, beneficiando-se da forte demanda na Europa ocidental e nos Estados Unidos por modelos como o i3 e as duas séries do híbrido plug-in Active Tourer.

Ele disse que a montadora irá, apesar disso, continuar fabricando e vendendo carros de motores a combustão para ajudar a financiar uma transição gradual para carros elétricos.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).