Negócios

Pfizer tem lucro acima do esperado no 4º tri

A farmacêutica teve um ganho de US$ 11,34 bilhões com a nova lei tributária (iStock)

A Pfizer previu lucro e receita em 2018 bem maiores do que as estimativas de analistas, já que espera se beneficiar de uma alíquota de imposto mais baixa depois de mudanças tributárias nos Estados Unidos, que geraram ganho de US$ 11 bilhões.

LEIA MAIS: Vendas fortes do McDonald’s nos EUA no 4º tri não surpreendem

A farmacêutica também bateu as estimativas de lucro e a receita do quarto trimestre devido à forte demanda por sua vacina contra pneumonia Prevnar e a droga para artrite reumatóide Xeljanz.

A Pfizer disse que investirá cerca de US$ 5 bilhões nos EUA nos próximos cinco anos e pagará cerca de US$ 15 bilhões em impostos ao longo de oito anos para repatriar recursos mantidos no exterior sob as novas leis tributárias.

A farmacêutica teve um ganho de US$ 11,34 bilhões com a nova lei tributária, elevando o lucro do quarto trimestre para US$ 12,27 bilhões, ou US$ 2,02 por ação.

Excluindo o ganho tributário e outros itens, o lucro da empresa foi de US$ 0,62 por ação. A receita subiu marginalmente para US$ 13,7 bilhões.

VEJA TAMBÉM: Fibria lucra R$ 280 mi no 4º trimestre

Os analistas, em média, esperavam lucro de US$ 0,56 por ação e receita de US$ 13,68 bilhões, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A Pfizer previu o lucro por ação ajustado em 2018 entre US$ 2,90 e US$ 3, e receita de US$ 53,5 bilhões a US$ 55,5 bilhões. Em média, os analistas estimavam lucro de US$ 2,78 por ação e receita de US$ 53,88 bilhões neste ano.

Comentários
Topo