Microsoft apresenta resultado acima do esperado

iStock
A empresa teve prejuízo líquido de US$ 6,3 bilhões no trimestre fechado em 31 de dezembro (iStock)

A Microsoft reportou receita e lucro trimestral melhores do que as previsões ontem (31), com impulso da forte demanda por seus serviços de computação em nuvem e pelo Azure, que tem crescido forte por vários trimestres.

LEIA MAIS: Microsoft encerrará serviço de música Groove

A Microsoft teve uma despesa extra de US$ 13,8 bilhões no trimestre, que resultou em um prejuízo, mas excluindo itens ganhou US$ 0,96 por ação, superando a expectativa média de US$ 0,86 de analistas.

A receita subiu 12%, a US$ 28,92 bilhões, superando expectativas dos analistas de US$ 28,4 bilhões.

Desde que o presidente-executivo Satya Nadella assumiu o comando em 2014, o negócio em nuvem da Microsoft – que inclui produtos como a plataforma de computação Office 365, Dynamic 365 e Azure – surgiu como um grande motor de crescimento.

A receita do segmento em nuvem subiu 15,3% para US$ 7,8 bilhões no trimestre, incluindo o crescimento de 98% do Azure. Analistas em média previam receita de US$ 7,51 bilhões, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

VEJA TAMBÉM: Amazon e Microsoft permitirão que assistentes virtuais Alexa e Cortana conversem entre si

Este é o 10º trimestre consecutivo de crescimento de mais de 90% em receita para o Azure, que compete diretamente com os serviços da Amazon, Amazon Web Services (AWS).

A empresa teve prejuízo líquido de US$ 6,3 bilhões no trimestre fechado em 31 de dezembro, em comparação com um lucro de US$ 6,27 bilhões, no mesmo período do ano anterior.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).