Presidente do Snapchat ganha US$ 638 mi em 2017

Getty Images
A remuneração de Spiegel é atrelada a prêmios com base em ações (Getty Images)

O presidente-executivo do Snapchat, Evan Spiegel, recebeu US$ 637,8 milhões como remuneração total em 2017, ano em que a empresa abriu capital, tendo o terceiro maior pagamento anual já recebido por um CEO de empresa.

LEIA MAIS: Clones do Snapchat superam a plataforma original

O pagamento de Spiegel fica atrás das compensações de 2007 e 2008 de Daniel Och, presidente-executivo do fundo especulativo Och-Ziff Capital Management, de acordo com a ISS Analytics, o banco de dados da Institutional Shareholder Services.

Och recebeu US$ 918,9 milhões e US$ 1,19 bilhão como remuneração anual para os exercícios fiscais de 2007 e 2008, respectivamente.

A remuneração de Spiegel é atrelada a prêmios com base em ações no valor de US$ 636,6 milhões, salários e outras compensações de cerca de US$ 1,2 milhão, de acordo com um depósito de segurança da Snap ontem (22).

“Eu acredito que este é o maior valor que vimos nos 10 anos em que compilamos estudos de presidentes-executivos mais bem pagos”, disse Dan Marcec, diretor de conteúdo da empresa de dados Equilar.

O salário anual oficial de Spiegel foi de US$ 98.078 no ano passado.

VEJA TAMBÉM: UNDER 30 de FORBES Brasil terá indicações online

As ações da Snap apenas recuperaram seu preço da oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de US$ 17 na primeira semana de fevereiro, tendo sido negociadas abaixo deste patamar desde julho.

Os papéis da empresa caíram quase 8% ontem, operando novamente abaixo do preço do IPO, e os analistas atribuíram as perdas aos usuários que tiveram problemas com o último redesign da Snap.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).