Sonae nega negociação para compra de Walmart no Brasil

iStock
O grupo português negou interesse em adquirir as operações brasileiras do Walmart (iStock)

O grupo português de varejo Sonae negou hoje (14) interesse em adquirir as operações brasileiras do Walmart, depois que o jornal “Valor Econômico” reportou mais cedo que a empresa estuda a aquisição.

LEIA MAIS: Incubadora de tecnologia do Walmart compra startup de realidade virtual Spatialand

“A Sonae não tem por política comentar especulações de mercado. No entanto, podemos dizer que não estamos envolvidos neste tema”, disse a empresa em resposta a questionamento da Reuters.

Mais cedo, o jornal havia informado, citando uma fonte, que o grupo português estaria avaliando a compra da operação do Walmart no Brasil, em negociação que envolveria ainda a participação de fundos de private equity.

Ainda segundo a reportagem do “Valor”, as conversas iniciais com o grupo português envolveriam a compra de 100% da operação brasileira do Walmart.

Procurados pela Reuters, representantes do Walmart não comentaram o assunto.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).