Embraer tem queda de 82% no lucro do 4º tri e segue negociando com Boeing

Divulgação
O lucro líquido ajustado da fabricante de aeronaves brasileira foi de R$ 191,5 milhões (Divulgação)

O lucro líquido da Embraer recuou cerca de 82% no quarto trimestre na comparação anual, para R$ 117,2 milhões, de acordo com dados divulgados hoje (8).

LEIA MAIS: Boeing terá fatia de 51% em nova empresa com Embraer, diz jornal

Excluindo impostos e outros itens, o lucro líquido ajustado da fabricante de aeronaves brasileira foi de R$ 191,5 milhões, bem menor do que os R$ 694,2 milhões do quarto trimestre de 2016.

O resultado operacional (Ebit) ajustado caiu para R$ 435 milhões no quarto trimestre, ante os R$ 816,9 milhões do mesmo período de 2016. A receita líquida recuou para R$ 5,65 bilhões no trimestre, ante os R$ 6,7 bilhões do quarto trimestre de 2016.

A Embraer reafirmou suas estimativas para 2018: a entrega de 105 a 125 aviões executivos e 85 a 95 aviões comerciais.

BOEING

Em teleconferência com analistas, o presidente da Embraer, Paulo Cesar de Souza e Silva, afirmou que está vendo um “bom engajamento” com a Boeing e o governo brasileiro sobre um potencial acordo com a fabricante norte-americana.

VEJA TAMBÉM: UNDER 30 de FORBES Brasil terá indicações online

“Este mercado de aeronaves é de longo prazo e existem algumas oportunidades interessantes olhando para o futuro”, disse o analista da Lerosa Investimentos Vitor Suzaki, que afirmou não ver impactos relevantes do resultado do quarto trimestre da Embraer nas negociações com a Boeing.

O presidente da Embraer comentou ainda que há sinais de recuperação na área de jatos executivos, mas não um avanço forte do mercado.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).