Novo campo de golfe da Topgolf será inaugurado em West Palm Beach

É difícil acompanhar de perto o crescimento da companhia, mas uma nova locação em particular se destaca: West Palm Beach, na Flórida (Reprodução/FORBES)

O negócio da Topgolf está decolando: a pioneira na oferta do esporte como entretenimento parece inaugurar uma nova locação a cada duas semanas. Nos últimos seis meses, a empresa abriu sete novos campos – de Miami a Tucson -, ao mesmo tempo em que revelou planos para dez outros nos Estados Unidos.

LEIA MAIS: Conheça os melhores refúgios de golfe do Caribe

É difícil acompanhar de perto o crescimento da companhia, mas uma nova locação em particular se destaca: West Palm Beach, na Flórida. A Topgolf será parte de uma renovação de US$ 86 milhões do campo de golfe municipal. Esse será o primeiro local da empresa a compartilhar a mesma propriedade com uma instalação de golfe de grama verde. Mas por que isso é tão importante?

À medida que a popularidade da Topgolf foi crescendo, algumas pessoas questionaram se a abordagem não tradicional – um modelo dirigido por tecnologia e engajamento social – não poderia prejudicar o jogo original. Uma recente pesquisa conduzida para a companhia pela National Golf Foundation descobriu que jogadores com experiência estão praticando mais o esporte depois de visitar o campo da Topgolf.

Além disso, entre os entrevistados que não jogam golfe, mais da metade (53%) disse que que jogar na Topgolf influenciou positivamente o interesse pelo jogo tradicional. Isso está relacionado ao ambiente não intimidador da Topgolf, que fornece uma opção fora de campo para apresentar o jogo às pessoas, mesmo que seja só para segurar um taco. Os resultados da NGF revelaram que 94% daqueles que não jogam golfe se sentem “confortáveis” nos ambientes da empresa.

No ano passado, a NGF expandiu sua definição de participação no golfe para melhor avaliar a base consumidora do esporte. Além de medir os jogos tradicionais no gramado, o “Participation Report” também considerou fatores de engajamento fora dos campos, como uso da Topgolf e de simuladores. Esses locais, especialmente a Topgolf, atraíram cerca de 20 milhões de participantes, incluindo 8,2 milhões que não jogaram em um campo de golfe.

(Reprodução/FORBES)

Agora, pela primeira vez, um local da Topgolf vai dividir o mesmo espaço que um campo de grama. O lugar de entretenimento familiar de 6 mil m² e três andares, com um restaurante e mais 278 m² de espaço social, ocuparia o canto sudoeste de West Palm Beach e teria visibilidade da rodovia Interstate 95.

VEJA TAMBÉM: Descubra onde estão os melhores campos golfe do Brasil

“Estou muito feliz porque agora teremos algo que vai energizar as pessoas – jovens, idosos, residente e visitantes – no nosso campo de golfe”, disse Jeri Muoio, prefeito de West Palm Beach.

O desenvolvedor selecionado pela cidade financiará os US$ 86 milhões que são estimados em gastos de construção e operação. Apesar de West Palm Beach continuar a ser proprietária da terra, a cidade está livre de todas as obrigações financeiras relacionadas ao campo de golfe, que foi inaugurado em 1947 e sediou o West Palm Beach Open, da PGA Tour.

John Sandford, da Sanford Gold Designs, está supervisionando a restauração do projeto original de Dick Wilson. Sanford diz que a construção provavelmente começará no verão norte-americano (de junho a agosto) e será completada no fim de 2019. Os planos de reforma incluem um gramado, além das instalações de entretenimento, dando aos jogadores a oportunidade de fazer uma “transição da Topgolf para o golfe real”.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br)

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).