Petrobras anuncia hibernação de fábricas deficitárias

iStock
As fábricas de fertilizantes registraram prejuízo conjunto de cerca de R$ 800 milhões no ano passado (iStock)

A Petrobras anunciou hoje (20) a “hibernação” das fábricas deficitárias de fertilizantes localizadas em Sergipe e Bahia em mais um passo na sua estratégia de deixar as atividades de produção de fertilizantes.

LEIA MAIS: Petrobras deve ser forte no social, diz eleito para conselho

O processo de hibernação, que consiste na parada progressiva da produção, com conservação dos equipamentos e prevenção de impactos ambientais, deve ser iniciado até o fim deste primeiro semestre, disse a Petrobras em comunicado.

“A Petrobras preparou um plano de transição para fornecedores e clientes que será implementado a partir do anúncio feito agora, assim como ações de responsabilidade social cujo objetivo é mitigar impactos que venham a ocorrer nas comunidades”, disse a estatal em comunicado.

As fábricas de fertilizantes registraram prejuízo conjunto de cerca de R$ 800 milhões no ano passado, e o cenário de longo prazo continua indicando resultados negativos, disse a estatal. No quarto trimestre de 2017, a Petrobras realizou provisão de R$ 1,3 bilhão para perdas com as fábricas de fertilizantes.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).