Startup brasileira Decora é vendida para norte-americana CreativeDrive

Fundada em 2012, a Decora utiliza a tecnologia CGI (Common Gateway Interface), que permite gerar páginas dinâmicas, auxiliando as vendas online de produtos de varejistas de decoração (iStock)

A startup brasileira de visualização 3D e de realidade aumentada Decora foi adquirida pela norte-americana CreativeDrive por cerca de US$ 100 milhões, informaram hoje (15) as empresas, em um dos maiores negócios envolvendo uma empresa de tecnologia brasileira neste ano.

LEIA MAIS: Amazon pretende pagar mais de US$1 bi pela startup de segurança residencial Ring

Fundada em 2012, a Decora utiliza a tecnologia CGI (Common Gateway Interface), que permite gerar páginas dinâmicas, auxiliando as vendas online de produtos de varejistas de decoração nos Estados Unidos e na América Latina. A empresa oferece aos clientes imagens de produtos, cenas visuais, vídeos de 360 graus e arquivos prontos para realidade aumentada, que são personalizadas para as necessidades de seus clientes. “A tecnologia proprietária da Decora é simplesmente inovadora e supera as barreiras de escala tradicionalmente associadas à criação de conteúdo CGI”, disse o presidente-executivo da CreativeDrive, Myles Peacock, em comunicado.

As cenas criadas pela equipe da Decora podem ser editadas por clientes, com a adição ou remoção de imagens.

Para a empresa brasileira, a aquisição amplia seu escopo de atuação. “A CreativeDrive é a parceira estratégica ideal para a Decora. Eles trabalham com marcas líderes e empresas em todas as indústrias – um alcance verdadeiramente global”, disse o fundador da Decora, Gustavo Do Valle, que continuará no comando da empresa, de acordo com comunicado divulgado pelas empresas.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).