Venda de dois Macallan 1926 por US$ 1,2 mi bate recorde

Venda de dois Macallan 1926 por US$ 1,2 mi bate recorde
O uísque foi destilado em 1926 e envelhecido por longos 60 anos em madeira de xerez, antes de ser engarrafado, em 1986

Duas das garrafas mais caras de uísque Macallan do mundo foram recentemente comercializadas por US$ 1,2 milhão, na varejista Le Clos, do Aeroporto de Dubai, o que quebrou o recorde da venda de uísque mais cara da história. As bebidas foram compradas por US$ 600 mil, cada uma, por um empresário que irá as adicionar à sua coleção.

LEIA MAIS: Macallan lança uísque envelhecido 50 anos

Segundo o site Scotchwhisky.com, o uísque foi destilado em 1926 e envelhecido por longos 60 anos em madeira de xerez, antes de ser engarrafado, em 1986. O líquido por si só já justifica ser um dos mais raros do mundo. No entanto, os designs dos rótulos tornaram o lançamento ainda mais exclusivo. A arte foi elaborada por Sir Peter Blake, mais conhecido por seus trabalhos para os Beatles, e pelo italiano Valerio Adami.

Só 40 garrafas foram produzidas, e cada artista criou etiquetas para apenas 12 garrafas. Elas custavam cerca de US$ 27 mil após o lançamento e foram inicialmente oferecidas aos clientes mais fiéis da Macallan. Desde então, as garrafas desapareceram lentamente, com a última venda conhecida em 2007, quando uma delas foi comprada por US$ 75 mil, em um leilão da Christie’s.

“Elas representam algumas das garrafas mais exclusivas já produzidas, no que se tornou uma venda icônica, que será lembrada em todo o mundo pelos próximos anos”, diz Geoff Kirk, diretor da Macallan. “É incrivelmente raro que uma edição 1926 seja disponibilizada para compra. São históricas garrafas emblemáticas da cultura pop do século XX.”

A Macallan é conhecida por quebrar marcas históricas ao longo dos anos. A destilaria detém o recorde de garrafa de uísque mais cara vendida em leilão, com o Macallan M Imperiale, vendido em 2014 por US$ 628 mil, na Sotheby’s Hong Kong. No ano passado, um único barril de Macallan quebrou recordes mais uma vez, ganhou o título de “barril único mais caro do mundo” vendido em leilão. No mês passado, a marca lançou 200 garrafas de Macallan 50 Year-Old por aproximadamente US$ 35 mil cada uma.

VEJA TAMBÉM: Macallan lança seu primeiro lounge de uísque no Reino Unido

Coincidentemente, dentro de algumas semanas, mais duas garrafas de Macallan 1926 serão leiloadas em Hong Kong, pela Bonhams. As estimativas variam entre US$ 460 mil e US$ 573 mil, mas podem ser superadas. Le Clos pode não ficar sob os holofotes por muito tempo. O leilão da Bonhams acontecerá no dia 18 de maio.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).