5 melhores dividendos para os próximos 25 anos

A maioria dos investidores deseja correr o mínimo de risco no mercado financeiro. Por isso, opta por comprar ações seguras, como as da Coca-Cola. Essa mentalidade, no entanto, é algo do passado, que se fixa em históricos de dividendos, em vez de em levantamentos prospectivos de pagamento.

VEJA TAMBÉM: FORBES divulga as marcas mais valiosas do mundo em 2018

Olhar para frente é a chave para ganhos anuais de 10%, 15% e até 20% ou mais com as Dividend Aristocrats, empresas que aumentaram dividendos nos últimos 25 anos consecutivos.

Ao usar a Coca-Cola como exemplo, vemos que a empresa alcançou o status de realeza dos lucros em 1987 (seu 25º ano consecutivo com aumento de ganhos). Naquela época, não importava se a compra de ações era feita antes ou depois de a empresa ser considerada oficialmente uma Dividend Aristocrat. O fator determinante para os lucros era a velocidade dos ganhos.

No entanto, ao avançar para os últimos cinco anos, vemos que a exuberância jovial da Coca-Cola diminuiu consideravelmente. A empresa ainda aumenta seu pagamento a cada ano, mas a subida ficou mais lenta, o que significa que o preço das ações também avança mais devagar.

Parece óbvio, mas os investidores, muitas vezes, preocupam-se tanto com em não correr riscos que ignoram sinais óbvios, como a redução das vendas de uma empresa. É claro que é possível aumentar os dividendos mais ápido do que os lucros e as vendas. De qualquer forma, somente gerentes mais talentosos conseguem esse feito. Por isso, é melhor se concentrar em companhias impulsionadas pelos ventos do crescimento, que geram aumento nos lucros de maneira orgânica. É assim que se adquire ações das melhores Dividend Aristocrats.

E AINDA: Valor de mercado da Netflix ofusca Disney

Veja na galeria de fotos abaixo cinco empresas Dividend Aristocrats nos Estados Unidos, bem posicionadas para 2018, 2028, 2038 e além:

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).