5 razões para sair em busca de um sócio

Em uma década de empreendedorismo, possuir familiaridade com o ramo e desenvolver produtos e soluções que somem ao cotidiano das pessoas pode ser uma experiência recompensadora. Diante dos desafios e objetivos, ter cofundadores para comemorar as conquistas torna tudo ainda mais significativo, pois eles também estiveram lá durante os altos e baixos, desde o lançamento de um produto mal feito até problemas com a gestão do projeto. Esses momentos podem ser muito mais toleráveis ​​se tivermos pessoas para nos apoiar e dar uma nova perspectiva.

VEJA TAMBÉM: Sócio da BR Malls quer vender 30% de negócio avaliado em R$ 520 mi

O melhor conselho possível ao fundador de uma nova startup é encontrar outras pessoas para compartilhar a jornada. Embora pareça tentador controlar todas as decisões da empresa ou ter mais ações, é importante deixar o ego de lado e convidar um sócio a se juntar no negócio.

Para tirar uma ideia do papel, comece a construir relacionamentos com pessoas que estejam igualmente empolgadas com sua visão e que desejem mergulhar com você na aventura de começar um empreendimento.

Acompanhe na galeria de fotos abaixo, 5 razões para trazer pelo menos um cofundador a bordo para dividir o comando do navio:

  • Compensar suas fraquezas

    Alguns fundadores são excelentes em levantar capital e construir relacionamentos com os investidores, enquanto outros são muito melhores nos detalhes básicos da administração de um negócio. Encontrar sócios com um conjunto de habilidades dinâmicas irá ajudá-lo a cobrir todas as áreas importantes da sua empresa e a se certificar de que você definiu o seu negócio para o sucesso a longo prazo.

    Descubra o que você ama fazer ou faz melhor e, em seguida, procure alguém que complemente esse conjunto de habilidades e esteja pronto para fazer parte de sua aventura. Ter parceiros de negócios agrega conhecimentos que podem ser usados de forma mais especializada em diferentes setores da empresa. Cada pessoa pode trazer sua própria força para a mesa.

  • Ter melhor perspectiva de ganho

    Para manter as metas da empresa alinhadas em toda a companhia, organize reuniões semanais durante as quais todos possam expressar suas opiniões e votar nas principais iniciativas estratégicas. É raro que todos concordem com uma ideia ou uma solução imediatamente, mas ouvir vozes diferentes nos obriga a pensar em mais de uma maneira de abordar o desenvolvimento e obter novas perspectivas.

    Com um sócio ao lado, as diferenças entre você e seu parceiro são tão importantes quanto as semelhanças. Tente encontrar alguém que não tenha medo de discordar e que sugira ideias diferentes e inovadoras.

  • Construir em conjunto

    Construir um negócio é um trabalho árduo. Há muitos dias longos e decisões difíceis, algumas das quais nem sempre são apropriadas para compartilhar com toda a equipe. Por isso, é incrivelmente útil ter pessoas comprometidas com o sucesso da empresa e que realmente entendem pelo que você passa. Cofundadores podem ajudar a mantê-lo na realidade, aliviar o clima durante os dias ruins e tornar as comemorações dos bons momentos ainda mais divertidas.

  • Diminuir riscos

    A primeira pergunta que qualquer bom investidor vai fazer é quem você colocou em sua equipe. O motivo é simples: eles precisam acreditar nas pessoas que realmente ajudarão a dar vida às suas ideias. Embora você possa certamente apresentar uma equipe de chefes de departamentos capacitada, os investidores gostam de saber que haverá outros membros da equipe que provavelmente sobreviverão aos maus momentos, por terem uma participação acionária no negócio.

    Procure cofundadores que tenham tanta confiança, perseverança e paixão quanto você, que sejam comunicativos e que saibam liderar pessoas de forma humana. É ótimo também considerar sócios de diferentes origens para que você também possa mostrar uma ampla gama de conhecimentos e especialidades ao conversar com investidores. E lembre-se de que é melhor ter um cofundador pela primeira vez com um histórico comprovado de sucesso do que um que fundou várias empresas, mas tem uma má reputação.

  • Estar em dois lugares ao mesmo tempo

    Ter cofundadores permite, em certo sentido, estar em dois lugares ao mesmo tempo. Por exemplo, não é incomum surgir uma grande oportunidade de relações públicas no mesmo dia em que uma importante investidora aparecerá no escritório. Você poderá ser capaz de ir para uma entrevista ao vivo, por exemplo, e se certificar de que há cobertura em outras áreas, o que é uma grande vantagem.

Compensar suas fraquezas

Alguns fundadores são excelentes em levantar capital e construir relacionamentos com os investidores, enquanto outros são muito melhores nos detalhes básicos da administração de um negócio. Encontrar sócios com um conjunto de habilidades dinâmicas irá ajudá-lo a cobrir todas as áreas importantes da sua empresa e a se certificar de que você definiu o seu negócio para o sucesso a longo prazo.

Descubra o que você ama fazer ou faz melhor e, em seguida, procure alguém que complemente esse conjunto de habilidades e esteja pronto para fazer parte de sua aventura. Ter parceiros de negócios agrega conhecimentos que podem ser usados de forma mais especializada em diferentes setores da empresa. Cada pessoa pode trazer sua própria força para a mesa.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).