Bilionária planeja o prédio mais alto da Cidade do México

Reprodução
O arranha-céu de 57 andares vai se tornar o prédio mais alto da Cidade do México

A Abilia, empresa de desenvolvimento imobiliário pertencente à bilionária mexicana Maria Asunción Aramburuzabala – 302ª pessoa mais rica do mundo atualmente segundo FORBES, com patrimônio líquido de US$ 5,9 bilhões -, anunciou planos de construir um arranha-céu de 57 andares que, se concluído, vai se tornar o prédio mais alto da Cidade do México, segundo a FORBES México. A empresa de arquitetura britânica Foster + Partners criou o projeto do empreendimento, localizado na proeminente avenida Reforma, perto da fonte Diana La Cazadora.

LEIA MAIS: 6 hábitos de mulheres empreendedoras para alcançar o sucesso

Segundo a Abilia, a construção do arranha-céu começará em breve e a maior parte de seu espaço – 85 mil m² – será dedicada ao uso corporativo, enquanto 6 mil m² serão reservados ao varejo.

O prédio, localizado no número 432 do Paseo de la Reforma, contará com uma praça aberta no nível da rua, que a empresa afirma ter sido projetado para “integrar o espaço público com as áreas comerciais e de escritórios”.

Bilionária planeja o prédio mais alto da Cidade do México

Inicialmente, o projeto de construção havia sido colocado a cargo de uma outra incorporadora, mas o plano nunca saiu do papel.

A Abilia não revelou o custo do projeto mas, em 2011, ele foi estimado em 1,5 bilhão de pesos (cerca de US$ 80 milhões).

O novo edifício, que ultrapassará os 55 andares da Torre Maior, atualmente o arranha-céu mais alto da cidade, é o mais recente projeto imobiliário de alto nível de propriedade de Maria Asunción, a segunda mulher mais rica do México. Segundo o site da empresa, a Abilia conta, atualmente, com 16 edifícios de escritórios e complexos residenciais na Cidade do México, Queretaro, Jalisco, no Estado do México e Quintana Roo. A companhia também busca entrar no segmento de shoppings comerciais.

VEJA TAMBÉM: Boom de riqueza na China cria nova geração de mulheres bilionárias

Maria Asunción, a mulher de negócios mais conhecida do país, faz parte do conselho da cervejaria Anheuser-Busch InBev. Com sua mãe e irmã, ela herdou uma participação na gigante de cerveja Grupo Modelo, que pertencia ao seu pai. A Modelo foi vendida para a AB InBev por US$ 20 bilhões, em 2013. Ela atua como CEO da empresa de investimentos Tresalia Capital desde 1996 e liderou investimentos em construção, telecomunicações e internet.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).