Uzbequistão terá fazenda solar de 1.000 megawatts

iStock
Um acordo estimado em US$ 1,3 bilhão foi assinado para construir a planta

Um acordo estimado em US$ 1,3 bilhão foi assinado para construir a primeira planta solar do Uzbequistão. A empresa SkyPower, de Toronto, anunciou o acordo nesta semana, que prevê a parceria da desenvolvedora com o governo do país da Ásia Central para construir o grande projeto de 1.000 megawatts, informou o portal “Climate Action”.

VEJA TAMBÉM: Statoil faz joint venture para construir plantas de energia solar no Brasil

O contrato representa o maior investimento estrangeiro direto na história do Uzbequistão e um grande passo em direção ao desenvolvimento de energia renovável. O país tem diversas grandes plantas hidrelétricas, mas pouca ou nenhuma fonte de energia limpa. Estima-se que o projeto aumentará a capacidade de energia renovável para 10%.

O acordo histórico faz com que a SkyPower seja a primeira produtora de energia independente no país. A empresa assinou um contrato com o Estado para fornecer energia durante toda a vida útil da fazenda solar. O presidente do Uzbequistão, Shavkat Mirziyyoyev, também assinou um decreto oferecendo o apoio completo do governo ao novo projeto.

François-Philippe Champagne, Ministro de Comércio Internacional do Canadá, disse que a “parceria histórica” ajuda a impulsionar o crescimento da região. “Ampliar os setores canadenses de tecnologia limpa e renovável e encorajar a exportação de ideias e soluções desenvolvidas localmente que beneficiam o mundo é uma prioridade de nosso governo. Estou feliz em ver líderes da indústria como a SkyPower Global nos ajudando em direção a esse objetivo”, acrescentou.

O CEO da SkyPower, Kerry Adler, disse: “Ainda há mais de um bilhão de pessoas no mundo sem acesso a serviços de energia, e nossa missão é levar energia solar às pessoas que mais precisam. Essa é uma parceria histórica que beneficiará tanto o governo do Uzbequistão quanto a SkyPower, e nós estamos felizes em estar construindo a primeira instalação de energia solar do país”. A empresa também alega que a fazenda solar irá contribuir com US$ 2,9 bilhões no PIB do Uzbequistão e criar milhares de empregos.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).