Beyoncé e Jay-Z se tornam oficialmente um casal de US$ 1 bi

Getty Images

Beyonce conta com uma fortuna pessoal de US$ 350 milhões e Jay Z conta com um patrimônio líquido de US$ 810 milhões (Getty Images)

Beyoncé e seu marido, Jay-Z, ao lado da filha Blue Ivy, 5 anos, preparam-se para ter gêmeos no meio do ano. Para completar a alegria, eles se tornaram oficialmente um casal de 1 bilhão de dólares.

LEIA MAIS: 20 maiores bilionários do mundo em 2017

Segundo o ranking FORBES das mulheres self-mades mais ricas dos EUA, Beyoncé, 35 anos, conta com uma fortuna pessoal de US$ 350 milhões. Jay Z, 47 anos, conta com um patrimônio líquido de US$ 810 milhões, segundo a lista dos rappers mais ricos do mundo (o artista ficou na segunda posição, atrás de Diddy, por uma diferença de US$ 10 milhões). Com isso, a fortuna conjunta do casal já resulta em um valor de US$ 1,16 bilhão.

E como eles conseguiram essa expressiva marca? Ao perguntar para Beyoncé, a resposta é direta: “Nunca estou satisfeita. Nunca conheci ninguém que trabalha mais do que eu na minha área de atuação”.

O casal também entrou no debate nacional durante a eleição presidencial de 2016, ao se apresentarem em um evento de Hillary Clinton, em Ohio, em novembro último. Assumir um tom mais político não limitou as perspectivas financeiras da cantora. Pelo contrário, Beyoncé cresce cada vez mais, tanto em termos de influência quanto de riqueza.

VEJA TAMBÉM: 50 celebridades mais bem pagas do mundo em 2016

Atualmente Jay-Z não faz tantos shows quanto sua esposa, mas isso provavelmente deve mudar nos próximos meses, devido à enorme quantidade de festivais previstos em um contrato de 10 anos, no valor de US$ 200 milhões, assinado com a gravadora Live Nation, na semana passada.

Beyoncé e Jay-Z já ganharam muito dinheiro separadamente, e a maior parte da fortuna do casal estar relacionada às suas empresas, como a Roc Nation e a Armand de Brignac. Ambos têm uma participação significativa no Tidal, o serviço de streaming que Jay-Z comprou por US$ 56 milhões, há dois anos. O valor de suas participações aumentou quando a Sprint investiu US $ 200 milhões para ter 33% da empresa, o que levou a plataforma a ser avaliada em US$ 600 milhões.

Comentários
Topo