10 erros que fazem o candidato a um emprego parecer amador

Ao buscar um emprego, você tem todo o direito de ser exigente. Os recrutadores também devem ser exigentes, mas isso não lhes dá o direito de serem rudes e insultar os candidatos. Infelizmente, há organizações que não sabem conduzir o processo seletivo adequadamente.

LEIA MAIS: 5 dicas para ser um grande mentor

Muitas delas destratam o profissional. Se você encontrar uma empresa dessas, rejeite a vaga. Não fique para sofrer mais abusos, pois, mesmo se você conseguir o emprego, irá odiá-lo. Se você tiver de aceitar um péssimo trabalho por um curto período para pagar algumas contas, tudo bem. Mas não se acomode nesse emprego. Comece a procurar uma nova oportunidade o mais rápido possível.

Elaboramos uma lista com dez erros cometidos por profissionais ao buscar emprego que devem ser evitados a todo custo para não parecer amador. A vida se trata de aprender. Se você cometeu um ou mais desses erros no passado, tudo bem, apenas não os repita.

Veja, na galeria de fotos a seguir, 10 erros que candidatos cometem ao procurar emprego que fazem com que ele pareça amador:

  • 1. Ir despreparado a uma entrevista de emprego

  • 2. Perguntar para o recrutador o que a companhia faz

  • 3. Ir à entrevista sem elaborar questões inteligentes

  • 4. Cancelar entrevistas de emprego sem antecedência

  • 5. Rejeitar uma entrevista ou chegar muito atrasado

  • 6. Estabelecer uma meta salarial e depois mudá-la ao receber uma oferta de emprego

  • 7. Desaparecer quando o processo de recrutamento estiver encerrando

  • 8. Alterar suas condições no final do processo de contratação

  • 9. Dar informações diferentes para cada pessoa envolvida no processo

  • 10. Tentar negociar sua oferta de emprego depois que você já a aceitou

1. Ir despreparado a uma entrevista de emprego

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).