4 passos para lidar com um chefe que não apoia seu trabalho

Como a maioria sabe, um chefe ruim é uma dor de cabeça que pode virar fonte de insucesso e frustração profissional. Mas ainda pior do que um líder ruim é um superior que não apoia o seu trabalho.

VEJA TAMBÉM: Como pessoas de sucesso dizem não aos seus chefes

Entre os motivos que tornam um chefe ruim estão a falta de feedbacks construtivos, atitudes condescendentes e táticas de microgerenciamento. São características bastante fáceis de serem observadas quando se vive esse tipo de situação.

Já um chefe que não apoia o crescimento de sua carreira ou o desenvolvimento profissional é mais difícil reconhecer já que ele se manifesta geralmente quando você não está na sala.

Um superior que não o apoia pode negar a você a chance de trabalhar em projetos inovadores ou de alta performance, além de recomendar uma outra pessoa para a tarefa. Pode também excluir sua presença em reuniões com clientes importantes, que poderiam o auxiliar a melhorar seu desempenho profissional na empresa. Em vez de advogar a seu favor, sobre os motivos pelos quais você merece um aumento ou uma promoção, por exemplo, explica as razões de você não estar preparado para essa mudança.

Um líder que não o apoia pode ser também o motivo de você realizar o mesmo trabalho de três anos atrás, quando iniciou na empresa, enquanto seus colegas continuam a avançar e crescer profissionalmente. Ao final, um superior que não apoia seu trabalho interrompe o seu crescimento e dificulta o desenvolvimento do seu potencial.

Veja na galeria de fotos a seguir 4 passos para lidar com um chefe que não o apoia e ainda assim manter a serenidade e a paz de espírito no trabalho:

  • PASSO 1: Faça uma autoavaliação

    Pode ser que seu chefe não advogue a seu favor para ajudá-lo a subir de nível porque talvez você realmente ainda não esteja preparado. Pode não ter nada a ver com o seu chefe o odiar secretamente, mas sim com seu desempenho. Portanto, antes de concluir que seu líder sabota seu crescimento, faça uma autoavaliação detalhada sobre sua postura no trabalho.

    O que você põe à mesa? Quais foram suas contribuições como membro da equipe na empresa? Que áreas você tem sido constantemente informado de que precisa melhorar e quais medidas você tomou para isso? Você tem um entendimento claro das expectativas dos seus superiores quanto a você? E, o mais importante, você tem atendido a elas?

    Após fazer uma análise clara e honesta sobre o seu desempenho no trabalho e se manter confiante de que faz o possível para superar as expectativas, é seguro dizer que seu chefe impede seu crescimento e que é hora de dar o próximo passo.

  • PASSO 2: Busque excelência e consistência

    A excelência não pode ser negada, e um desempenho brilhante é incrivelmente difícil de ignorar. Portanto, você deve continuar a fazer um bom trabalho e ter um padrão alto para que possa sempre exceder as expectativas.

    Quando possível, seja proativo, identifique novas tendências, métodos e processos que possam contribuir para melhorar o seu trabalho. Mesmo se você estiver preso a tarefas rotineiras, pense em como melhorá-las, em como agregar valor à sua equipe, clientes, produtos e até mesmo ao seu gerente.

    Este estágio não é sobre fazer um bom trabalho para ganhar a aprovação do seu gerente, mas sim sobre criar uma reputação que fale por si só. Quando fizer disso seu mantra para a excelência, você construirá um perfil de comportamento notável.

  • PASSO 3: Encontre um novo sistema de apoio

    Não existe sentido em chorar sobre o leite derramado. Se você não pode convencer uma pessoa a gostar de você, logo, não deve convencê-la a o apoiar e a advogar a seu favor. Então, em vez de gastar mais energia para agradar ao seu chefe, olhe ao seu redor e busque novos aliados.

    No trabalho, podem surgir aliados de todas as formas, mas os melhores para essa situação são aqueles que têm voz e influência na empresa. Diante de um chefe que não apoia o seu trabalho, assuma o compromisso de construir relacionamentos com outros executivos e líderes seniores que possam dar o suporte necessário e que estejam dispostos a mencionar seu nome quando for o caso.

    Organize reuniões de almoço para conhecer melhor seus colegas e, regularmente, disponha-se a ajudar outras equipes e gerentes a resolver problemas, caso você possa e tenha o necessário para tal. Ao lidar com um chefe que não o apoia, não basta fazer um bom trabalho, é preciso garantir também que outras pessoas estejam cientes do seu bom desempenho.

  • PASSO 4: Prepare sua saída

    Transpirar excelência e cultivar um novo sistema de suporte são ótimas maneiras de lidar com um chefe que não reconhece o seu trabalho. Essas podem ser as únicas estratégias necessárias para superar e criar uma nova dinâmica entre você e o seu líder, especialmente, quando você ama onde trabalha.

    No entanto, se a situação com o seu superior continuar a manter sua carreira estagnada e afetar outras áreas da sua vida, o que inclui sua autoestima, saúde e felicidade, então, o esforço não vale a pena. No final das contas, você não precisa se contentar em trabalhar com alguém que não quer ver o seu progresso.

    Há inúmeras outras empresas e chefes que ficariam felizes em tê-lo na equipe, e é de seu interesse encontrá-los o quanto antes.

PASSO 1: Faça uma autoavaliação

Pode ser que seu chefe não advogue a seu favor para ajudá-lo a subir de nível porque talvez você realmente ainda não esteja preparado. Pode não ter nada a ver com o seu chefe o odiar secretamente, mas sim com seu desempenho. Portanto, antes de concluir que seu líder sabota seu crescimento, faça uma autoavaliação detalhada sobre sua postura no trabalho.

O que você põe à mesa? Quais foram suas contribuições como membro da equipe na empresa? Que áreas você tem sido constantemente informado de que precisa melhorar e quais medidas você tomou para isso? Você tem um entendimento claro das expectativas dos seus superiores quanto a você? E, o mais importante, você tem atendido a elas?

Após fazer uma análise clara e honesta sobre o seu desempenho no trabalho e se manter confiante de que faz o possível para superar as expectativas, é seguro dizer que seu chefe impede seu crescimento e que é hora de dar o próximo passo.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).