4 dicas para vender seu conhecimento

iStock
Há muitas opções se você já tiver o recurso principal: a especialização

Você já teve vários anos de experiência em um setor pelo qual é apaixonado. E pode ser qualquer um: de fotografia e design gráfico até marketing ou imóveis. Pois saiba que é possível transformar esse expertise em um recurso valioso e ganhar dinheiro com isso.

LEIA MAIS: Como saber se o seu potencial de liderança está sendo sabotado

Eu sou um profissional de marketing digital. Além de oferecer meus serviços, consegui gerar receita com meus conhecimentos por meio de programas de orientação, e-books e workshops ao vivo. Há muitas opções se você já tiver o recurso principal: a especialização.

Veja, na galeria de fotos abaixo, 4 dicas para vender seu expertise:

  • 1. Defina sua especialidade e seus benefícios

    O primeiro passo, é claro, é ter uma ideia clara de qual é sua especialidade e quem você pode ajudar. Em outras palavras, você precisa definir claramente qual problema pode resolver.

    Digamos, por exemplo, que você seja um especialista em otimização de taxa de conversão. Portanto, o problema que você resolve é a baixa taxa de conversão. Você pode atender negócios online ao oferecer táticas práticas para otimizar seus sites e aumentar suas vendas.

  • 2. Comece a criar sua comunidade

    Para vender seus conhecimentos, você precisa de pessoas que os comprem. Então, o segundo passo do processo é construir uma comunidade de fãs leais que se apóiam em todas as suas palavras. Esse processo pode demorar um pouco, já que você precisa de tempo para atrair uma base de fãs relevante e fazer com que eles conquistem sua confiança.

    Você precisa começar criando conteúdo altamente valioso que seu público-alvo pode acessar gratuitamente. Esta é uma ótima maneira de chamar a atenção deles. Se você produzir conteúdo útil e de alta qualidade de forma consistente, ganhará a confiança desse público.

    Você precisará criar um blog, por meio do qual entregará regularmente informações úteis ao seu público. Você pode até ter um canal do YouTube e criar uma série de vídeos.

    Mas não basta simplesmente criar conteúdo. Você também deve trabalhar para promovê-lo e atrair o público de sua escolha. Junte-se a grupos relevantes em plataformas de mídia social como Facebook, LinkedIn, Reddit etc. Você pode interagir com os membros do grupo e, eventualmente, começar a compartilhar seu conteúdo com eles.

    Eu até respondo perguntas no Quora (website de perguntas e respostas) para ganhar mais visibilidade diante de um público relevante. Você pode adicionar links para posts úteis em suas respostas e pode até querer investir em postagens patrocinadas para garantir maior visibilidade do seu conteúdo.

  • 3. Decida como entregar seu conhecimento

    A entrega é um aspecto vital que você deve considerar quando estiver tentando vender seus conhecimentos. Isso é importante para que seus clientes-alvo saibam exatamente em que estão gastando dinheiro.

    Você pode começar identificando o que sua comunidade precisa e deseja de você. Eles só querem sua especialidade? Ou, talvez, queiram manter uma conexão humana além de seus conhecimentos? Neste caso, você fará bem ao promover consultas cara a cara e workshops ao vivo.

    Se tempo é um fator crítico para o seu público, no entanto, você precisará procurar maneiras de fornecer soluções rápidas para seus problemas. Nesse caso, os cursos e seminários online seriam o canal perfeito para fornecer seus conhecimentos para eles.

    Ao considerar o que o seu público quer e precisa, é importante evitar fazer suposições. Você pode perguntar diretamente nas mídias sociais ou, até mesmo, realizar uma pesquisa completa para compreendê-lo melhor.

    O Google Forms é uma excelente plataforma gratuita e tem praticamente tudo o que é necessário para realizar pesquisas como essa. Você também pode usar o SurveyGizmo como uma opção alternativa.

    Depois de ter uma ideia clara do que o seu público quer, você pode começar a considerar o método de entrega perfeito. Como mencionado anteriormente, você pode ter sessões presenciais ou workshops caso seu público prefira uma conexão mais pessoal com você. Mas se precisar oferecer sua experiência por meio da mídia online, veja algumas opções:

    Crie cursos online

    Cursos online envolvem a criação de uma série de materiais por meio dos quais seu público vai aprender como fazer algo. Isso pode estar em qualquer formato, incluindo vídeo, áudio, calculadoras, listas de checagem, material escrito e muito mais.

    Plataformas como o Kajabi podem ajudá-lo a desenvolver qualquer tipo de módulo de aprendizado e configurar uma página de vendas para seus cursos. Existem vários modelos existentes que você pode personalizar para criar seu próprio site e hospedar suas aulas. Ele também permite que você automatize suas campanhas de e-mail para comercializar o curso e cultivar leads.

    Apresente seminários online

    Os seminários online ao vivo permitem que você distribua seus conhecimentos ao mesmo tempo em que interage com seu público-alvo. Por meio desse recurso, você poderá fornecer informações e orientações detalhadas. Considere encerrá-lo com um feedback ou uma sessão de perguntas e respostas para aumentar ainda mais o engajamento.

    Escreva e-books e whitepapers

    Se você pretende oferecer sua experiência em um formato escrito, e-books e whitepapers são excelentes opções. Eles são normalmente usados ​​como imãs de leads, que são distribuídos gratuitamente em troca de endereços de e-mail. Mas você também pode cobrar das pessoas por e-books de alta qualidade e whitepapers que contenham informações detalhadas.

    Eu recomendo usar uma ferramenta como o Adobe InDesign para produzir e-books com layouts de qualidade profissional. É uma ferramenta altamente avançada e vem com muitos gráficos e elementos de estilo, para que você possa transformar um simples e-book em uma publicação atraente.

  • 4. Promoção

    Estas são as etapas iniciais necessárias para começar a vender seus conhecimentos online. Depois de decidir pela entrega, você pode começar a promover o produto. Compartilhe as notícias em todos os seus canais de mídia social para informar seu público. E não se esqueça de investir em anúncios para atrair um público novo e relevante.

1. Defina sua especialidade e seus benefícios

O primeiro passo, é claro, é ter uma ideia clara de qual é sua especialidade e quem você pode ajudar. Em outras palavras, você precisa definir claramente qual problema pode resolver.

Digamos, por exemplo, que você seja um especialista em otimização de taxa de conversão. Portanto, o problema que você resolve é a baixa taxa de conversão. Você pode atender negócios online ao oferecer táticas práticas para otimizar seus sites e aumentar suas vendas.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).