4 formas de reconhecer a relevância do seu trabalho

A avaliação The Six Dominant Action Styles (Os Seis Estilos de Ação Dominantes, em tradução livre) é baseada em mais de 5 anos de pesquisas do trabalho de coaching e treinamento com milhares de profissionais em todo o mundo, e tem como objetivo ajudar as pessoas a reconhecerem sua forma preferida e dominante na busca e realização de metas na vida e no trabalho. O teste foi desenvolvido expressamente para ajudar os profissionais a entenderem seu estilo inerente e natural à ação, para que possam contemplá-los mais plenamente.

VEJA TAMBÉM: 4 maneiras de promover o bem-estar no local de trabalho

O principal benefício em reconhecer o estilo de ação dominante é que, ao fazê-lo, as pessoas são mais capazes de apreciar a si mesmas e suas diferenças e adotar esse contraste para apoiar aquilo no qual tem interesse. Ao encontrar um trabalho e ambiente que permite alavancar totalmente o estilo, é possível experimentar mais alegria, recompensa e engajamento – e também significado e propósito – na carreira.

Além disso, quando o profissional se conscientiza de como o seu estilo não é apreciado ou respeitado no trabalho, ele adquire mais poder de escolha sobre o que fazer a respeito disso – porque é extremamente doloroso e desmoralizante quando a verdadeira e autêntica personalidade tem que ser suprimida para alcançar o sucesso.

Como exemplo disso, acompanhe o caso de um vice-presidente corporativo em uma empresa de marketing direto: a equipe de gerenciamento, incluindo todos os vice-presidentes, foi levada para um local externo para a realização do teste Myers-Briggs e, em seguida, discutir as descobertas e suas implicações. Os resultados deste executivo revelaram que ele tinha o perfil ENTJ (Extroversão + Intuição + Pensamento + Julgamento). Embora o profissional tivesse respondido cada pergunta com a maior honestidade possível, sentia que havia aspectos-chave da categorização ENTJ que não o representavam em seu íntimo.

Ele então se aproximou do moderador e compartilhou o sentimento de que as descobertas não o refletiam totalmente. E perguntou se tinha alguma ideia de por que esse perfil parecia errado, já que ele havia respondido a todas as perguntas com a maior honestidade possível.

E AINDA: 4 passos para lidar com um chefe que não apoia seu trabalho

O moderador tomou a palavra e disse ao profissional que, às vezes na vida e na carreira, as pessoas podem, inconscientemente, modificar estilos, comportamentos e até mesmo crenças, a fim de se encaixar na cultura dominante, e ser mais aceito, considerado “um dos membros da equipe”. Claro que isso é verdade e é possível observar sinais dessa “modificação” em toda a estrutura da sociedade e na vida empresarial, onde as pessoas sentem que precisam alterar quem são para se adequar.

Curiosamente, quase toda a equipe de liderança da empresa do executivo também tinha o perfil ENTJ e era muito possível que, inconscientemente, este profissional mudasse seu jeito para ajustar-se e ser como os demais.

Esta é uma longa história para explicar por que os profissionais, às vezes, sentem que o trabalho e a cultura são tão desafiadores emocional e psicologicamente.

A visão das pessoas quanto ao “significado” do trabalho também variam muito e podem interferir nesse sentimento. Elas, muitas vezes, interpretam erroneamente a ideia de “encontrar relevância” no trabalho, pensando que, a menos que tenham um enorme impacto direto nas outras pessoas, o ofício não faz sentido.

LEIA MAIS: Como identificar mentiras no ambiente de trabalho

Mas o significado e o propósito de um trabalho podem assumir muitas formas diferentes e não precisa ser sobre ajudar pessoas diretamente ou cara a cara.

Se você está se perguntando se sua função é significativa, acompanhe, na galeria de imagens a seguir, quatro maneiras rápidas de reconhecer como seu trabalho é relevante e traz propósito à sua vida:

  • 1. Seu trabalho possibilita que você ajude sua família

    Colocar comida na mesa, ajudar seus filhos a alcançar seus sonhos educacionais, pagar um tratamento médico necessário ou tirar férias com a família e construir lindas memórias mostram como o seu trabalho – e sua remuneração – é significativo para você e sua família.

  • 2. Seu trabalho permite o uso dos seus talentos

    Usar seus talentos e habilidades inatas é outra maneira de obter significado. A sua perspectiva, experiência e capacidades únicas foram fundidas de uma forma completamente especial e poderosa, que o torna extremamente valioso no local de trabalho e para os outros. Abrace e use esses talentos completamente.

  • 3. Seu trabalho suporta algo maior

    As funções de muitos indivíduos são definidas de forma restrita e/ou concentradas apenas em uma tarefa principal. Mas cada atividade tem um efeito cascata que suporta uma imagem maior. Só porque seu foco pode ser estreito não significa que você não está contribuindo para algo muito maior que faz a diferença no todo.

  • 4. Seu trabalho permite que você seja você mesmo

    Como Maria Nemeth compartilha em seu livro, “The Energy of Money” (A Energia do Dinheiro, em tradução livre), “somos todos mais felizes quando demonstramos na realidade física o que sabemos ser verdade sobre nós mesmos, quando estamos dando forma às intenções de nossa vida de uma maneira que contribui para outras”.

    Quando você pode ser quem você realmente é e alavancar seus talentos e habilidades únicas, usando essas características em atividades que sejam agradáveis ​​e de alguma forma apoiem ​​uma causa ou resultado com o qual você se importa, então há um verdadeiro significado em seu trabalho. Não duvide disso.

1. Seu trabalho possibilita que você ajude sua família

Colocar comida na mesa, ajudar seus filhos a alcançar seus sonhos educacionais, pagar um tratamento médico necessário ou tirar férias com a família e construir lindas memórias mostram como o seu trabalho – e sua remuneração – é significativo para você e sua família.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).