15 formas de adquirir novas habilidades em meio à rotina

Os negócios modernos estão em constante fluxo. Para se manterem flexíveis e perspicazes, os líderes e a equipe precisam se esforçar para aprender novas habilidades, que podem auxiliar no crescimento da carreira.

VEJA TAMBÉM: 3 hábitos incomuns para aumentar a criatividade

No entanto, dedicar-se a uma nova habilidade até o dominá-la é uma tarefa difícil para profissionais e empreendedores atarefados.

Veja na galeria de fotos abaixo, 15 dicas de membros do Forbes Coaches Council para dominar novas habilidades em meio à rotina:

  • 1. Siga os quatro níveis de competência

    Martin M. Broadwell criou o modelo “quatro estágios de competência”, que incluem: incompetência inconsciente, incompetência consciente, competência consciente e competência inconsciente. Primeiro, não temos noção do que não sabemos. Então, temos apenas a informação do que não dominamos. Depois disso, é preciso fazer esforços para realmente aplicar o aprendizado, na prática. Por último, vem o domínio da nova habilidade.

  • 2. Pergunte a si mesmo “por quê” e faça a sua pesquisa

    Antes de começar a se comprometer com uma nova habilidade, primeiro se pergunte: “Por que eu quero fazer isso?”. Então, pesquise sobre o assunto. A melhor maneira de permanecer comprometido é conhecer o desfecho do jogo. Informe-se sobre a data de conclusão, o retorno do seu investimento, as recompensas associadas, o reconhecimento e o seu motivo. Ao dividir o objetivo em pequenas partes, você pode celebrar as pequenas tarefas realizadas antes da conclusão completa.

  • 3. Crie um objetivo mensurável

    Na área da tecnologia, por exemplo, é mandatório aprender novas habilidades constantemente. Então, antes de começar, estabeleça sua meta para essa nova aptidão ou crie uma linha do tempo. Você precisa aplicar disciplina. Marcar um gol transforma o jogo em algo que vale a pena jogar. É por isso que as pessoas se sentem estimuladas quando atingem uma meta, recebem um certificado ou uma recompensa. Os jogos e os objetivos mantêm você motivado quando está se aprimorando.

  • 4. Observe-se sendo mais eficaz

    As habilidades sutis são fundamentais em nosso trabalho. Quando você se torna observador de seu próprio comportamento, adquire muita motivação para mudar.

  • 5. Conheça seu limite e estabeleça uma rotina

    Mantenha o foco no jogo e estabeleça uma rotina que você saiba que irá o levar até lá.

  • 6. Tenha picos de crescimento de 30 dias

    Decida qual habilidade você deseja desenvolver e estabeleça o prazo de 30 dias. Então, mergulhe. Grave lembretes diários no seu celular, inscreva-se em grupos relevantes do Facebook e siga os líderes no LinkedIn. Encontre um bom curso na Udemy e reserve um dia para concluí-lo. Gaste tempo refletindo sobre o que você está aprendendo. Em seguida, aplique isso aos desafios da vida real.

  • 7. Pratique em cenários de baixo risco

    Assumir uma nova habilidade geralmente apresenta sérios riscos. Ao adquirir uma aptidão nova e difícil, tente usar essa habilidade em ambientes de menor risco (com seu cônjuge, filhos, amigos, no clube ou na igreja etc.) em vez de ter de começar em uma arena mais desafiadora: na frente da sua equipe de trabalho. O desenvolvimento e o progresso em direção à competência funcionam muito bem em cenários mais familiares. Comece por aí!

  • 8. Entenda seus pontos fortes

    Entenda como você funciona melhor para começar e se comprometer a dominar uma nova habilidade. Comece com a Avaliação do Strengths Finder 2.0, de Tom Rath. Ele aponta seus cinco principais talentos naturais que podem ser aproveitados e convertidos em pontos fortes. Peça aos seus amigos para lhe dizerem quais eles acham serem suas três maiores e melhores características. Por fim, revise-as e determine quais aptidões podem ajudá-lo a aprender a nova habilidade.

  • 9. Reserve 15 minutos por dia

    Aprender algo novo é uma escolha que deve ser divertida. O domínio envolve comprometimento. Então, muitas vezes, sobrecarregamos-nos com a tentativa de reservar muito tempo, a tal ponto que tudo parece grande demais, pesado e sério. Reserve 15 minutos do seu dia para que sua nova paixão se torne um hábito agradável e viável. Adicione tempo e mais intervalos gradualmente.

  • 10. Transforme o processo em um jogo divertido

    Nós nos tornamos o que praticamos e, ao transformar a prática em um jogo do qual gostamos, temos maior probabilidade de envolvimento. Quando inventamos games, podemos definir as regras e o que é uma vitória neste momento. Jogos convidam a experimentar e liberar ideias preconcebidas, além de serem divertidos, permitindo-nos criar um hábito de prática e aprendizado.

  • 11. Construa momentos com o que você gosta

    Aprender uma nova habilidade pode parecer apenas mais uma coisa na lista de tarefas, sem tempo extra para completar. Comece perguntando aos outros que experiências os ajudaram a desenvolver tal aptidão. Identifique pequenas atividades que você pode facilmente assumir em sua vida atual. Classifique-as de acordo com o que você mais gostaria de fazer. Crie um impulso com ações fáceis de realizar. Você verá progresso em pouco tempo.

  • 12. Avance aos poucos

    As tarefas monumentais parecem grandes quando você precisa aprender um novo software ou produzir uma apresentação de vendas poderosa, por exemplo. Então, divida o livro em capítulos, por assim dizer. Descubra como abrir e aplicar o software em uma tarefa simples. Escreva e pratique os primeiros dois minutos de sua palestra ou apresentação. Não se volte completamente para uma nova habilidade, difícil ou suave, com muita pressão para dominá-la.

  • 13. Peça a ajuda de amigos

    Diga aos outros o que você está planejando fazer diferente e por quê. Peça a eles para avisá-lo quando você estiver obtendo sucesso ou escorregando. Além disso, conte com um colega para observar suas interações e, em seguida, dizer quais comportamentos observaram.

  • 14. Mantenha os pensamentos positivos

    Nós mantemos o que gostamos, então, escolha uma habilidade que você quer desenvolver versus uma que você sente que precisa desenvolver. Quando pensamos em termos de “temos de”, podemos resistir às nossas melhores intenções. Por exemplo: “Eu quero ir à academia para que eu possa perder peso e me sentir melhor” funciona melhor do que “Ugh, eu tenho de ir para a academia hoje”. Ter pensamentos positivos sobre seus objetivos produzirá resultados de longo prazo.

  • 15. O engajamento é fundamental

    Se você vai dedicar tempo e esforço para aprender uma nova habilidade, certifique-se de que é algo que o anima e que o mantém genuinamente interessado. Quando você está envolvido e realmente desfruta do processo de aprendizado, a conclusão vem naturalmente. Afinal, se você precisa forçar o domínio das aptidões, talvez seja hora de reavaliar sua carreira.

1. Siga os quatro níveis de competência

Martin M. Broadwell criou o modelo “quatro estágios de competência”, que incluem: incompetência inconsciente, incompetência consciente, competência consciente e competência inconsciente. Primeiro, não temos noção do que não sabemos. Então, temos apenas a informação do que não dominamos. Depois disso, é preciso fazer esforços para realmente aplicar o aprendizado, na prática. Por último, vem o domínio da nova habilidade.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).