3 dicas para uma festa da firma sem estresse

Getty Images
Por mais ansioso e nervoso que fique, você terá uma oportunidade incrível de conhecer melhor a todos

Está chegando a hora de falar sobre o novo ano. Por isso, você já deve estar pensando na maratona de confraternizações do mês de dezembro e no recesso que pode ter na virada do ano. Que venham os convites para as festas de fim de ano! Tenho certeza de que a sua família e seus amigos querem festejar e que você poderá passar por esses encontros com facilidade. Mas e se for uma festa da firma, você estará preparado?

LEIA MAIS: 4 dicas para administrar o estresse das festas de fim de ano

Festas de fim de ano no trabalho podem parecer uma maravilha à primeira vista, mas, mesmo para os funcionários mais extrovertidos, elas não estão livres de estresse. A ideia de interagir com colegas e superiores — por muito mais tempo do que o habitual — pode ser assustadora. Mas não pense em faltar: por mais ansioso e nervoso que fique, você terá uma oportunidade incrível de conhecer melhor a todos.

Alex Dickinson, especialista em carreiras na empresa de finanças pessoais SoFi, tem dicas para você aproveitar ao máximo as festas de fim de ano do escritório. Veja, na galeria de fotos abaixo, 3 dicas para não se estressar na festa da firma:

  • Bole um plano antes

    Pense no futuro e planeje conversar com um superior com quem você mal interage. Parece muito ousado fazer uma pergunta ao CEO? Vá em frente! As coisas provavelmente não acontecerão da forma como você imagina, mas ter uma ideia das pessoas com as quais você gostaria de conversar e o papo que pode desenrolar pode ajudar a diminuir a ansiedade.

    Não é preciso forçar assuntos, mas tente sair da sua zona de conforto e se envolver com outras pessoas. Tenha em mente que a primeira impressão que a gente causa em certas pessoas é tudo. “Pergunte a si mesmo o que quer que as pessoas pensem de você, depois de conversar com elas”, diz Alex.

  • Tenha conversas curtas

    Deixe as conversas fluírem, mas não procure prolongá-las: é bom que sejam curtas e interessantes. Isso permite a você retomar um assunto durante o almoço ou café. Além disso, nas festas as pessoas procuram bater papo umas com as outras, por isso é ideal não monopolizar a atenção do chefe do departamento, com quem todo mundo quer falar, por exemplo.

    Em vez de ticar a sua lista completa de perguntas para uma determinada pessoa, deixe algumas para um outro momento, em que tiver atenção individualizada. Você tirará mais proveito de uma situação assim, depois de iniciar uma relação na festa de fim de ano. “Mantenha a conversa leve e aberta, não domine a festa. Se o papo for bem, sugira que continuem no escritório”, afirma Alex.

  • Cause boa impressão

    Encontre maneiras de encantar as pessoas com quem fala, seja com humor, informação ou educação. Para iniciar uma conversa, Alex sugere o seguinte: encontre um ponto em comum (por meio de uma pesquisa), ensine algo novo ou compartilhe um elogio (na forma de opinião).

    Ao acessar a área de interesse de alguém, você ganha a atenção dessa pessoa. Mas não deixe que isso o pressione a dizer coisas erradas ou tornar o papo mais longo que o necessário. O objetivo não é “ser o melhor amigo de todos”, mas passar um tempo agradável com as pessoas que você vê todos os dias.

Bole um plano antes

Pense no futuro e planeje conversar com um superior com quem você mal interage. Parece muito ousado fazer uma pergunta ao CEO? Vá em frente! As coisas provavelmente não acontecerão da forma como você imagina, mas ter uma ideia das pessoas com as quais você gostaria de conversar e o papo que pode desenrolar pode ajudar a diminuir a ansiedade.

Não é preciso forçar assuntos, mas tente sair da sua zona de conforto e se envolver com outras pessoas. Tenha em mente que a primeira impressão que a gente causa em certas pessoas é tudo. “Pergunte a si mesmo o que quer que as pessoas pensem de você, depois de conversar com elas”, diz Alex.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).