Conheça as profissões com melhor noite de sono

Você está acostumado a virar a madrugada trabalhando ou a chegar ao trabalho mais cedo para dar conta de todas as tarefas? Então, talvez você precise mudar de emprego. Um estudo recente do Centers for Disease Control and Prevention (CDC, ou Centros de Controle e Prevenção de Doenças em tradução direta) pode ajudar na escolha do seu próximo trabalho. Pesquisadores do centro fizeram um ranking dos profissionais que dormem mais, com base no tempo que os trabalhadores, de 22 grupos ocupacionais, passam com os olhos fechados em um período de 24 horas.

LEIA MAIS: 11 métodos para gerenciar melhor o tempo às vésperas de um feriadão

O CDC considera mais de sete horas como uma quantidade suficiente de sono para manter um estilo de vida saudável. Um descanso menor é tido como “sono de curta duração”. Segundo o CDC, 37% dos trabalhadores adultos não dormem o suficiente. Também de acordo com o órgão, uma boa noite de sono diminui os riscos de problemas de saúde como depressão, ansiedade, diabetes e obesidade.

É claro que mudar de área profissional nem sempre é fácil. Portanto, o ideal é tentar, dentro da sua rotina, injetar mais horas de sono. Se você dorme em média seis horas por noite, tente aumentar para sete. Segundo os pesquisadores, se isso acontecesse, US$ 226 bilhões seriam injetados na economia dos Estados Unidos.

Veja, na galeria de fotos abaixo, as 5 profissões com maior tempo de sono e as 5 que mais dormem mal:

  • Profissões com horas de sono suficientes

    1. Agricultura, pesca e silvicultura:
    agricultores, caçadores, pescadores e trabalhadores florestais e de conservação

    2. Educação, treinamento e biblioteconomia:
    bibliotecários, professores, arquivistas

    3. Serviços sociais e comunitários:
    conselheiros, religiosos, assistentes sociais

    4. Biologia, física e ciências sociais:
    cientistas e técnicos de ciências

    5. Computação e matemática:
    especialistas em computadores, empregos de ciências matemáticas

  • Profissões com sono defasado

    1. Produção:
    trabalhadores de impressão, marceneiros, operadores de plantas

    2. Suporte de saúde:
    auxiliares de enfermagem, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas

    3. Profissionais de saúde e técnicos:
    tecnólogos e técnicos de saúde

    4. Preparação e serviço de alimentos:
    cozinheiros, garçons

    5. Serviços de proteção e segurança:
    bombeiros, policiais

Profissões com horas de sono suficientes

1. Agricultura, pesca e silvicultura:
agricultores, caçadores, pescadores e trabalhadores florestais e de conservação

2. Educação, treinamento e biblioteconomia:
bibliotecários, professores, arquivistas

3. Serviços sociais e comunitários:
conselheiros, religiosos, assistentes sociais

4. Biologia, física e ciências sociais:
cientistas e técnicos de ciências

5. Computação e matemática:
especialistas em computadores, empregos de ciências matemáticas

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).