4 motivos por que a mentoria entre mulheres pode mudar o mundo

É fato a necessidade de união entre as mulheres para alcançar igualdade no local de trabalho e ir além. Como regra geral, os homens tiram proveito das estruturas de poder vigentes e, sem incentivo para desmantelá-los, continuarão com apoio para agir em benefício próprio. Há ainda uma verdade crítica: se eles não ajudam nós, mulheres, precisamos dar suporte a nós mesmas. E esse fato também se aplica a outro tópico: a mentoria profissional.

VEJA TAMBÉM: 10 mulheres mais poderosas do mundo de 2018

Homens em posições de poder, via de regra, simplesmente não oferecem oportunidades e mentoria às mulheres em nenhuma circunstância, diferentemente de quando se trata orientar alguém do mesmo sexo. Existem inúmeras razões para isso: preconceito implícito e medo equivocado de acusações de assédio, especialmente no clima atual, mas tudo se resume à simples realidade de que as mulheres não têm acesso aos caminhos tradicionais para o avanço profissional, o que só confirma a escassez de mulheres em cargos de liderança, bem como a perpetuação e criação de “Clubes do Bolinha”.

Para se tornar uma liderança no ambiente corporativo, é essencial o acesso social e oportunidades de negócios que só surgem com mentoria e suporte. O que significa que as mulheres em posições de poder precisam utilizar esse status para orientar e ajudar a elevar outras mulheres.

O poder da orientação não é exagero. Muito do que mantém as mulheres nas margens econômicas são pequenas coisas que uma mentoria feminina pode resolver. A orientação pode quebrar o ciclo que continua a excluir as mulheres do crescimento e do sucesso profissional, e isso pode ter um impacto desproporcional, não importa o que aconteça.

Veja, na galeria de fotos a seguir, 4 motivos por que a mentoria entre mulheres pode abrir portas para o gênero feminino no ambiente de trabalho e o quanto isso pode ser transformador:

  • 1. A mentoria cria network

    A verdade é que as mulheres em cargos de liderança precisam fazer questão de orientar outras mulheres, porque, muitas vezes, ninguém mais vai o fazer. Além de ajudar uma colega a crescer, destacar-se e avançar de forma mais eficaz, isso também pode formar base para uma rede de contatos valiosa em benefício de todas as mulheres de uma organização.

    O network é importante, e a mentoria entre mulheres pode corrigir a antiga exclusão do gênero feminino desse tipo de relacionamento profissional.

    Relações de apoio, especialmente se uma mulher é mentora de várias outras (e as encoraja a eventualmente fazer o mesmo), pode servir como o núcleo de uma rede profissional unida, com benefícios como melhores projetos, acesso à liderança, defesa em níveis mais elevados e apoio mútuo.

    Muitas mulheres trabalham em isolamento, insustentável e desnecessário, e a orientação pode ajudar a quebrar essa dinâmica.

  • 2. A mentoria abre as portas para a liderança

    A orientação é fundamental para o sucesso na carreira de jovens profissionais, não importa quem você seja. Uma ótima mentora pode oferecer uma visão crítica sobre como uma empresa funciona e o que as lideranças procuram ao promover alguém.

    Uma grande mentora pode impulsionar sua busca pelo progresso e ajudar a garantir que você tenha as ferramentas necessárias para ter sucesso. E, criticamente, ela lhe dirá quando assumir oportunidades de liderança e buscar a promoção com confiança. Além disso, você terá ao mesmo tempo uma defensora. E essa confiança é algo que as mulheres muitas vezes são desencorajadas a ter quando jovens. Mentoras podem ajudar a reacender esse fogo e empurrar as mulheres para alcançar mais do que nos disseram a que estamos destinadas.

    O resultado final de mais mulheres na busca por cargos de liderança é mais mulheres líderes, e isso é uma coisa inequivocamente boa, com efeitos exponencialmente positivos.

  • 3. A mentoria cria mais oportunidades para as mulheres

    Há um efeito cumulativo interessante na construção das bases para o avanço profissional coletivo por meio da orientação: ela cresce organicamente ao longo do tempo. Embora nem todas as mulheres com mentoras passem para cargos gerenciais ou executivos em uma empresa, elas assumirão terão suas próprias orientadas, e o ciclo continuará, até que um dia olharemos ao redor e perceberemos que estamos em todos os lugares.

    A orientação cria oportunidades que abrem mais portas para mais mulheres, o que mantém a bola rolando. Parece uma ação tão pequena, mas tem um efeito descomunal. Quem recebe a mentoria aplicará essas mesmas lições e atitudes em toda a sua carreira, o que pode gerar um efeito global ao longo do tempo. Isso não é algo pequeno, é o tipo de atitude básica que pode ser iniciada a qualquer momento, sem precisar de permissão nem de ações da diretoria ou mudanças na política interna de uma empresa.

  • 4. A mentoria abre as portas do empreendedorismo para mais mulheres

    É comum assumir que o impacto da orientação está confinado ao ambiente corporativo, o que não é verdade. Pessoas bem-sucedidas e ambiciosas têm mais probabilidade do que as outras de criar seu próprio negócio. Se mais mulheres atenderem tiverem essas habilidades, veremos um aumento líquido de empresas pertencentes a mulheres.

    E, embora existam barreiras sistêmicas enfrentadas por empresas pertencentes a mulheres, particularmente o acesso a investimentos, as que assumem o controle de seu futuro financeiro e o poder social exigido em uma companhia não apenas aumentam as oportunidades de emprego, mas, de crescimento e de sucesso. Também aumentam drasticamente a capacidade de exercer mudanças positivas em escalas ainda maiores. As donas de empresas entram e influenciam a vida política em todos os níveis, controlam os recursos econômicos e podem afetar suas comunidades em proporções que poucas outras conseguem.

1. A mentoria cria network

A verdade é que as mulheres em cargos de liderança precisam fazer questão de orientar outras mulheres, porque, muitas vezes, ninguém mais vai o fazer. Além de ajudar uma colega a crescer, destacar-se e avançar de forma mais eficaz, isso também pode formar base para uma rede de contatos valiosa em benefício de todas as mulheres de uma organização.

O network é importante, e a mentoria entre mulheres pode corrigir a antiga exclusão do gênero feminino desse tipo de relacionamento profissional.

Relações de apoio, especialmente se uma mulher é mentora de várias outras (e as encoraja a eventualmente fazer o mesmo), pode servir como o núcleo de uma rede profissional unida, com benefícios como melhores projetos, acesso à liderança, defesa em níveis mais elevados e apoio mútuo.

Muitas mulheres trabalham em isolamento, insustentável e desnecessário, e a orientação pode ajudar a quebrar essa dinâmica.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).