7 dicas para combater a infelicidade no emprego novo

Witthaya Prasongsin/Getty Images
Presuma que a insatisfação no início é passageira e solucionável

Resumo:

  • É importante reconhecer que está infeliz em um novo emprego;
  • A solução não é desistir ou procurar outro trabalho;
  • Presuma que a insatisfação no início é passageira e solucionável – isso o mantém focado em caminhos, não em uma saída rápida.

A felicidade no trabalho é uma maneira de avaliar se você está na função certa. É justificável querer gostar do que faz durante o dia. No entanto, em um novo emprego, tenha cuidado ao interpretar errado qualquer infelicidade inicial que sentir. Ser novo geralmente traz um certo nível de desconforto.

LEIA MAIS: Como abordar suas falhas em uma entrevista de emprego

Você não pode evitar os sentimentos. Eles podem ter identificado algo importante antes de sua cabeça racionalizá-los. Portanto, reconheça que está infeliz.

Minha sugestão não é desistir ou mesmo procurar outro emprego, exceto por conflitos notórios – a empresa está, por exemplo, sendo investigada pelo órgão regulador do segmento e pede que você fragmente os arquivos. Presuma que a insatisfação no início é passageira e solucionável. Isso o mantém focado em soluções, não em uma saída rápida.

Veja, na galeria de fotos abaixo, 7 dicas para melhorar sua situação em um novo emprego caso você esteja infeliz:

  • 1. Adie a introspecção

    Se você suspeitar que a infelicidade pode estar relacionada a ser novo no ambiente, coloque um lembrete em sua agenda para revisar esse item em um mês ou duas semanas, caso esteja impaciente. Essa incerteza provoca um grande desperdício de tempo e energia. Ao colocar esse lembrete, você ainda reconhece como está se sentindo, mas adia a avaliação do sentimento e segue em frente.

  • 2. Defina prazos mais longos para o máximo de tarefas possíveis

    Você sempre será menos eficiente no trabalho quando é novo, então tudo o que está fazendo agora será mais difícil e levará mais tempo do que tarefas semelhantes no futuro. Certifique-se de incluir essa ineficiência nas promessas que fizer aos colegas e, especialmente, ao seu gerente. Caso contrário, você pode exagerar ou até mesmo desapontar os outros, e ficará infeliz por um motivo específico. Defina prazos mais longos do que você acha que precisa e coloque menos pressão sobre si mesmo.

  • 3. Priorize um espaço de trabalho confortável

    Um ambiente novo e desconhecido também é estressante, o que pode levar à infelicidade. Invista tempo na personalização de seu espaço de trabalho: traga fotos, selecione um protetor de tela motivacional. Estar confortável pode aumentar o seu foco e produtividade, e até proporcionar maior satisfação pessoal durante a jornada.

  • 4. Faça um amigo no escritório

    Muito tem sido dito sobre o valor das amizades no escritório. Quando você é novo, esses relacionamentos ainda não se desenvolveram, o que pode contribuir para o seu mal-estar. Ajude novas amizades a florescer ao priorizar a socialização. Convide as pessoas para almoçar. Caminhe e converse elas. Junte-se a grupos de funcionários ou a programas estruturados da empresa, como equipes esportivas ou comitês de voluntariado.

  • 5. Peça ajuda para um mentor de fora

    No início, você provavelmente não terá um mentor. No entanto, até mesmo um consultor externo pode fornecer uma perspectiva útil. Se não tiver um mentor específico, encontre um profissional experiente a quem você respeita e que tenha navegado em diferentes ambientes corporativos. Ele pode ter dicas para sua própria transição ou, pelo menos, encorajamento para continuar no caminho.

  • 6. Mantenha uma lista de gratidão sobre o seu trabalho

    Quando você está para baixo, a negatividade pode virar uma bola de neve. Para combater isso, procure proativamente aspectos positivos do seu trabalho. Certa vez, treinei uma cliente a escrever uma carta de amor para o emprego dela – ou seja, um relato detalhado sobre por que aceitou a oportunidade, o que a entusiasmava com a perspectiva de trabalhar lá e o que a animava agora. Ela tinha assumido um cargo maior, e estressante, o que fez com que duvidasse sobre sua escolha. Este exercício ajudou a reacender seu interesse e compromisso.

  • 7. Peça ajuda ao seu superior

    Se você identificou uma causa específica para sua tristeza, precisa de mais orientações sobre um projeto, treinamento em uma habilidade, espera que sua função inclua o trabalho do cliente, mas, até o momento, não teve nenhuma interação, pergunte ao seu gerente sobre como avançar. Ele pode não saber que você está com dificuldades. Fale com seu superior sobre ideias de como obter ajuda e não apenas sobre uma lista de reclamações.

1. Adie a introspecção

Se você suspeitar que a infelicidade pode estar relacionada a ser novo no ambiente, coloque um lembrete em sua agenda para revisar esse item em um mês ou duas semanas, caso esteja impaciente. Essa incerteza provoca um grande desperdício de tempo e energia. Ao colocar esse lembrete, você ainda reconhece como está se sentindo, mas adia a avaliação do sentimento e segue em frente.

 


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).