O que fazer quando você não sabe o que fazer

Quando as oportunidades batem, antes de você concordar em fazer qualquer coisa ou assumir uma nova tarefa, sempre pergunte a si mesmo: “Isso faz sentido para os negócios?

Resumo:

  • Priorizar atividades que tragam retorno para você e seu negócio é uma forma de separar o que tem ou não relevância;
  • Definir uma lista de prioridades faz com que você possa ter mais tempo livre para se dedicar a outros afazeres mais rotineiros;
  • Ouvir sua intuição e pensar como você responderia aos desafios se estivesse em seu melhor momento ajuda a tomar decisões mais assertivas.

Com a agenda do dia sempre cheia de compromissos, conseguir fazer tudo é, constantemente, um desafio. Mas como decidir o que fazer primeiro?

VEJA TAMBÉM: Mantenha o foco e escolha as batalhas certas no varejo

Veja, a seguir, três dicas para ajudá-lo a tomar melhores decisões e realizar as tarefas realmente importantes.

Pergunte a si mesmo: “Isso faz sentido para os negócios?”

Não é possível fazer tudo. Algumas coisas levam tempo e outras são prioritárias. É preciso escolher.

Quando as oportunidades batem, antes de você concordar em fazer qualquer coisa ou assumir uma nova tarefa, sempre pergunte a si mesmo: “Isso faz sentido para os negócios? Está alinhado aos meus objetivos?”. Se a resposta for positiva, organize sua agenda para executar o que for preciso. Se for negativa, deixe para trás. O tempo é valioso e, antes de optar por investi-lo em algo, você precisa garantir que aquela tarefa vai ajudar suas metas e a empresa. Caso contrário, é mais uma distração.

Uma vez me convidaram para falar para os funcionários de uma grande empresa. Meu primeiro impulso foi aceitar, mas, depois de pensar um pouco, percebi que a localização era de difícil acesso. Se eu concordasse, teria que ficar fora três dias para implementar três horas de treinamento. Além disso, o pagamento era menor do que o que eu estava acostumado a receber e o público não era exatamente quem eu gostaria de atingir, ou seja, o valor da mensagem passada não teria o impacto pretendido.

E AINDA: Decisão de Magic Johnson confirma que ter que fingir no trabalho leva à infelicidade

Quando avaliei a oportunidade de uma perspectiva comercial, ficou claro que ela não fazia sentido para os negócios. Embora eu não fosse a melhor pessoa para o trabalho, eu indiquei um colega que se encaixava, continuei focado no meu trabalho e dediquei meu tempo a um cliente mais relevante.

Identifique suas três maiores prioridades

Muitos de nós fazem listas de tarefas. O desafio é que, muitas vezes, elas são na verdade sequências com mais de dez tarefas para serem cumpridas. Isso é simplesmente demais. Em alguns momentos, nosso cérebro não consegue processar todas essas atividades, confunde-se e nos impede de agir. Precisamos reduzir a quantidade de coisas a fazer diariamente para algo mais gerenciável.

Eu descobri que ter “três grandes tarefas” é a resposta. Olhe para o seu dia e identifique as três principais coisas que devem ser feitas. Veja um exemplo de três coisas que estavam na minha lista de hoje:

• Ligar para três clientes;

• Ir ao banco fazer depósitos;

• Escrever meu próximo artigo.

Depois de identificá-las, verifique sua programação para o dia e defina um tempo para concluir cada uma delas.

Identificar suas três prioridades traz clareza e foco. Você se sente produtivo e como se tivesse um plano a seguir. Além disso, realizar as três atividades principais logo no começo do dia faz com que você tenha o resto do tempo para se concentrar em outras tarefas e operações mais rotineiras. Você terá realizado suas tarefas mais importantes antes que possa perceber, em vez de olhar para uma lista de itens impossíveis de executar.

LEIA MAIS: 7 dicas para evitar a “fadiga de decisão”

Tenha em mente que, se você fizer isso todos os dias, terá realizado 15 tarefas cruciais a cada semana. Esse é um tipo de produtividade inteligente.

O que sua melhor versão de você faria?

Todos sabemos o que precisamos fazer, então por que não fazemos? Às vezes, precisamos nos perceber melhor e aumentar nossa responsabilidade pessoal.

Olhe para si mesmo e seja honesto sobre quem você é quando está em sua melhor versão. Como se porta, conversa com os outros, se comporta e assimila o sucesso? Quando precisar tomar decisões sobre o que fazer, pense em como você, na sua melhor forma, faria. Você já tem as respostas dentro de você, então comece a ouvir a si mesmo.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).