2 hábitos que elevam sua capacidade de liderança

PeopleImages/GettyImages
Líderes almejam desenvolver suas habilidades de liderança e expandir seu impacto positivo na equipe e organização

Resumo:

  • Grande parte dos líderes busca desenvolver suas habilidades de liderança e criar maior impacto nas organizações onde trabalham;
  • O potencial de liderança pode ser reforçado com práticas simples;
  • As equipes mais realizadas são aquelas em que as pessoas compartilham objetivos e enfrentam os desafios juntas;
  • Uma boa execução requer estudo e estratégia.

Após milhares de horas em treinamentos, posso dizer que quase todos os participantes almejam desenvolver suas proezas como líder e expandir seu impacto positivo em suas equipes e organizações. Embora o desejo em si pareça viável, decidir quais áreas de foco levam a resultados mais marcantes é bastante complexo e certamente único para cada profissional.

VEJA TAMBÉM: Lições de liderança do futebol para o mundo corporativo

Os líderes estão operando nos tempos mais ambíguos que as empresas já conheceram. Com equipes enxutas, mudanças aceleradas e maior volatilidade nos negócios, o número de oportunidades de melhoria e crescimento pode parecer nulo.

Existem duas áreas de foco que surgem mais frequentemente em meu trabalho com executivos e suas equipes. Coloque ambos os elementos em prática e você poderá reforçar seu potencial de liderança.

1. Resolva problemas com sua equipe, não pela sua equipe.

fizkes/GettyImages
Os times mais realizados são aqueles que têm um propósito compartilhado

Eu passo muito tempo com as equipes. Os times mais realizados são aqueles que têm um propósito compartilhado e resolvem problemas regularmente como uma unidade – essas equipes realmente trabalham juntas, não apenas em subgrupos.

Os líderes mais admirados são aqueles que apresentam desafios de negócios e problemas para sua equipe como algo a ser abordado em conjunto – como um jogo no qual o time pode sair vitorioso. Eles convocam reuniões sobre essas temáticas para ouvir as ideias dos integrantes da equipe.

E AINDA: Elon Musk e as armadilhas da liderança criativa

Onde, às vezes, vejo líderes ficarem estagnados em relação a isso é quando dizem a si mesmos que sua equipe está muito sobrecarregada, que já foi pedido demais para ela. Embora isso possa ser verdade, lidar com os problemas em conjunto pode revigorar seu time e trazer a energia de que ele precisa dispor para outras áreas do trabalho.

Em 2009, pesquisadores da Universidade de Oxford descobriram que “jogadores de equipes podem tolerar duas vezes mais dor do que os que trabalham sozinhos”. Conforme relatado no “The Guardian”, eles fizeram essa descoberta ao observar a equipe de remo da Universidade de Oxford durante duas sessões de treinamento de 45 minutos. Os remadores exibiam um limiar de dor maior após o treino juntos do que quando passavam pelas mesmas rotinas individualmente.

Se você tiver uma lista crescente de problemas e desafios em seu departamento ou empresa, tente estimular o trabalho em equipe para levar as soluções adiante.

2. Implemente tempo para o pensamento estratégico

boonchai wedmakawand/GettyImages
Líderes com tempo para o pensamento estratégico são capazes de perceber problemas antes que eles aconteçam

Um estudo da PricewaterhouseCooper que conversou com pessoas sobre o sucesso da empresa revelou que apenas 36% dos entrevistados consideraram que seus líderes eram eficazes tanto na estratégia quanto na execução. Muitos chefes tendem a se concentrar na prática, uma vez que isso lhes dá uma sensação de conclusão e realização. Mas esse foco é míope. A parte mais fácil para quase todos os líderes (e uma das primeiras coisas que peço aos executivos que implementem imediatamente) é o tempo para executar o pensamento estratégico e o planejamento recorrente. Sem tempo para pensar, como alguém pode se tornar um estrategista e visionário?

LEIA AQUI: Como saber se o seu potencial de liderança está sendo sabotado

Líderes com tempo para o pensamento estratégico são capazes de perceber problemas antes que eles aconteçam. Podem identificar e criar oportunidades para os negócios, proteger suas reputações e credibilidade por meio da redução da jornada de reuniões e se preparar para as que conduzem e participam. Eles desenvolvem e lideram com agendas claras. Liderança sem pensamento estratégico é reacionária.

Tente isso: termine cada semana com uma sessão de estratégia de 90 minutos, na qual você examina os dias anteriores e planeja os próximos. Além disso, comece cada dia com de 10 a 20 minutos de preparação para o seu expediente diário e reuniões futuras.

Independentemente de em qual destes dois hábitos focar, pergunte a si mesmo como ter certeza de que está mantendo seu objetivo e intenções. Considere contratar um parceiro de prestação de contas ou um coach executivo para sua jornada. O mais importante é aproveitar o processo e ter a certeza de que você está em busca de evidências de como seus relacionamentos se expandem e de que as iniciativas de negócios aceleram em decorrência de suas novas práticas.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).