13 dicas para conversas difíceis

iStock
O verdadeiro sucesso do trabalho em equipe só pode ser alcançado através de conversas corajosas

Resumo:

  •  O verdadeiro sucesso do trabalho em equipe só pode ser alcançado através da arte de conversar, o que nem sempre é fácil;
  • Veja 13 dicas de como agir nesse momento; 
  • Saber como iniciar a conversa e ter empatia são alguns dos conselhos.

LEIA TAMBÉM: Saiba se você tem o perfil ideal para algum destes 5 cargos estratégicos

Embora muitos líderes evitem conversas difíceis, é essencial fornecer feedback, uma avaliação positiva ou negativa, para ajudar seus funcionários a crescer. Uma conversa corajosa tem lugar quando um líder assume o controle de uma situação ao abraçar com confiança e coragem uma conversa difícil.

Se essas discussões fossem simples, elas não seriam rotuladas pelos líderes de “conversas duras”. O verdadeiro sucesso do trabalho em equipe só pode ser alcançado através de conversas corajosas. Abaixo, minhas dicas:

  • 1. Saiba por que você considera difícil a conversa

    A cada ação, você deve entender o que conduz ao progresso ou o que impede o sucesso. Faça as seguintes perguntas para criar uma base objetiva de discussão:

    • Que resultado demanda melhoria?
    • Que comportamento causa um determinado problema?
    • Qual o impacto desse comportamento?
    • A expectativa foi transmitida com clareza?
    • Onde está o déficit de desempenho?
    • O indivíduo entende o que se espera dele?
    • O indivíduo tomou uma decisão incorreta?
    • O indivíduo foi treinado adequadamente?

  • 2. Decida se deseja ter uma conversa difícil

    Ao considerar ter uma conversa difícil, um líder deve levar em conta:

    • As consequências de não ter uma conversa corajosa;
    • O quanto a inação da liderança contribui para um resultado.

  • 3. Entenda o objetivo da conversa

    Como numa operação militar, você deve definir suas metas antes de agir. Para tanto, responda a duas perguntas:

    • O que você está tentando alcançar?
    • O que é um resultado bem-sucedido nesse caso?

  • 4. Ponha-se no lugar do outro

    Como na maioria dos aspectos da liderança, a empatia é essencial em conversas difíceis, pois ajuda a criar confiança entre as partes. Se seus funcionários não confiam em você, você é apenas o gerente deles — e não o líder. Para compor um time, você deve se preocupar em entender a equipe, compreender por que um colaborador age de certa maneira. Pergunte-se como você, enquanto líder, contribuiu para uma determinada situação.

  • 5. Escolha suas emoções

    Cada pessoa e situação são únicas. Como líder, você é um coach, um treinador que deve abraçar cada colaborador e equipá-lo com as ferramentas e técnicas necessárias para o sucesso. Pense no estado emocional de que você precisa para liderar uma conversa calma e produtiva. Perceba que as emoções se manifestam não apenas nas suas palavras, mas também no tom da sua voz, nas expressões do seu rosto e na linguagem do seu corpo.

  • 6. Saiba como iniciar a conversa

    O tom da conversa é definido nos segundos iniciais do encontro. Ensaie os movimentos de abertura para que fluam naturalmente. Escolha um local apropriado para a situação. Deixe o indivíduo saber da sua intenção para que não se sinta perdido, o que gera defensividade e raiva. Quanto mais preparado você estiver para a conversa, mais suave ela fluirá.

  • 7. Conheça o indivíduo

    Como líder, é importante conhecer sua equipe. Isso pode significar saber o nome dos filhos ou dos hobbies de seus colaboradores. Faça sua equipe saber que você se importa com ela, demonstrando interesse nas pessoas enquanto indivíduos — seu desempenho, vida, sonhos e potencial.

  • 8. Tenha uma postura de parceria

    Reflita sobre a sua atitude em relação à pessoa envolvida e à própria situação, pois a sua postura conduzirá seu comportamento e suas reações. Faça perguntas abertas e reserve o julgamento final até conhecer todos os fatos. Durante a conversa, conduza um bate-papo, não um interrogatório. Lembre-se de que vocês estão trabalhando juntos em busca de uma solução; portanto, concentre-se e reflita pense em como a pessoa se sente.

  • 9. Seja consistente em sua liderança

    Lidere consistentemente sua equipe. Isso significa ter os mesmos padrões para os colaboradores de alto e baixo desempenho. A consistência mantém o vigor da sua mensagem e estabelece sua reputação. Não altere os padrões para evitar uma conversa dura.

  • 10. Use fatos

    Ao apresentar detalhes do comportamento ou desempenho em questão, use dados factuais para evitar discordâncias e defina metas claras, mensuráveis ​​e alcançáveis ​​para orientar comportamentos futuros. Esses objetivos representam uma imagem de sucesso que pode ajudar a determinar um caminho corretivo. Enquanto, como líder, você deve desencorajar pretextos e desculpas, precisa entender cada jornada. Essas explicações muitas vezes pavimentam o caminho e criam um curso para melhorias.

  • 11. Seja positivo

    Independentemente do tópico negativo, sempre defina um tom otimista e positivo para a interação. As abordagens negativas são frequentemente recebidas com respostas defensivas e argumentativas. É sua tarefa não apenas abordar o comportamento negativo, mas também abrir um caminho de desenvolvimento com ferramentas e recursos para melhorar. Faça da conversa um diálogo aberto, não uma apresentação unilateral. O objetivo é que eles saiam motivados para melhorar, sem medo de represálias.

  • 12. Acompanhe

    Depois da conversa, procure se aproximar das pessoas. Acompanhe o aspecto emocional da discussão nos próximos dias e reavalie as melhorias de resultados e ações.

  • 13. Preserve o relacionamento

    Um líder emocionalmente inteligente deve estar atento para limitar qualquer dano a um relacionamento. Se não tomar cuidado, você pode destruir em minutos o que levou anos para ser construído. Esteja sempre atento à evolução que uma conversa pode ter, assim como às barreiras que uma discussão mal realizada pode construir.

1. Saiba por que você considera difícil a conversa

A cada ação, você deve entender o que conduz ao progresso ou o que impede o sucesso. Faça as seguintes perguntas para criar uma base objetiva de discussão:

• Que resultado demanda melhoria?
• Que comportamento causa um determinado problema?
• Qual o impacto desse comportamento?
• A expectativa foi transmitida com clareza?
• Onde está o déficit de desempenho?
• O indivíduo entende o que se espera dele?
• O indivíduo tomou uma decisão incorreta?
• O indivíduo foi treinado adequadamente?

Ser líder significa ser responsável pelos meios de subsistência daqueles confiados aos seus cuidados. Você é responsável por sucessos, falhas, crescimento e desempenho. Toda ação, reação e inação definirá sua presença de liderança. Invista no sucesso dos funcionários, mesmo quando for necessário uma conversa corajosa, e eles o respeitarão ainda mais pelo cuidado e atenção que lhes dedica.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).