Saiba onde e quando assistir ao eclipse lunar

Reprodução/Forbes
Na maior parte da Europa será possível ver o eclipse completo

Hoje ocorre o mais longo eclipse lunar total do século 21. Enquanto você se prepara para ver a histórica lua de sangue, aqui estão os momentos para ver este fenômeno em cidades do mundo todo.

LEIA MAIS: Conheça os destinos de férias preferidos dos bilionários

A América do Sul não terá muita sorte. Apenas nas regiões mais orientais e meridionais será possível ver parte do eclipse. Veja na tabela abaixo, retirada do mapa do site TimeandDate.com:

AMÉRICA DO SUL

 

Cidade Início do eclipse total Máximo Fim do eclipse total
São Paulo, Brasil Não visível Não visível 18h13
Lima, Peru Não visível Não visível Não visível
Bogotá, Colômbia Não visível Não visível Não visível
Rio de Janeiro, Brazil Não visível Não visível 18h13
Santiago, Chile Não visível Não visível Não visível
Caracas, Venezuela Não visível Não visível Não visível
Buenos Aires, Argentina Não visível Não visível Não visível
Quito, Equador Não visível Não visível Não visível

Na América do Norte, em Nova York, Chicago, Los Angeles, Houston e Miami não será possível ver este eclipse lunar. Para estes e outros lugares, haverá transmissões ao vivo pela internet.

Em compensação, na maior parte da Europa será possível ver o eclipse completo. Quanto mais ao sul e ao leste, melhor será a visão.

Na maior parte da Ásia também será possível ver o eclipse lunar completo. No Japão, será possível ver o início do eclipse lunar total, mas não alcançará o ponto alto e o final. Na Ásia, os melhores lugares de visão são os extremo oeste e sul.

A África ganhou na loteria astronômica desta vez, já que o eclipse será visível em todo o continente. Quanto mais ao leste e ao sul, melhor e mais longa será a visão do eclipse. Isso significa que aqueles que vivem na África do Sul serão presenteados com um dos melhores pontos de visão do eclipse.

VEJA TAMBÉM: Conheça Porto Montenegro, o novo destino dos super iates

Caso você não consiga ver o eclipse de hoje, não terá de esperar tanto tempo para ver o próximo, que irá girar em torno das Américas do Norte e do Sul, entre 20 e 21 de janeiro de 2019.

Como assistir ao eclipse lunar
Felizmente, haverá transmissões da lua de sangue de vários ângulos. Um dos sites de transmissão é o Slooh, que mostrará o eclipse lunar de vários telescópios ao redor mundo.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).