Dia do solteiro: 11 bilionários que estão disponíveis

Engana-se quem acha que nove dígitos na conta, negócios bem-sucedidos e reconhecimento tornam mais fácil a busca pelo par ideal. De fato, dinheiro não é um fator determinante no que diz respeito a estar acompanhado.

VEJA TAMBÉM: Conheça os 20 maiores bilionários do mundo

Há diversos perfis entre os bilionários disponíveis. Entre eles está Jack Dorsey, fundador do Twitter e atual CEO do Square. Com uma fortuna estimada em US$ 5,4 bilhões, o norte-americano de 41 anos nunca se casou.

Outro solteiro notório é Lukas Walton, herdeiro da rede Walmart, que, aos 31 anos, acumula fortuna de US$ 14,7 bilhões.

No Dia do Solteiro, comemorado hoje, veja, na galeria de fotos, 11 bilionários solteiros:

  • Tom Persson

    Neto do fundador da Hennes & Mauritz – ou H&M -, Erling Persson, Tom Persson é também filho do homem mais rico da Suécia, Stefan Persson.

    Formado em Cinema pela Met Film School de Londres, o bilionário investe em sua produtora Story Investment Company (SIC). Com o propósito de atuar no financiamento de trabalhos independentes do cinema e da televisão de seu país de origem, aos 33 anos, foca nas produções mais difíceis e, com isso, decidiu não trabalhar na empresa da família de fast fashion. Sua fortuna foi avaliada em US$ 1,3 bilhão em 2018.

  • Nicolas Berggruen

    Filho de um rico colecionador de arte, Nicolas Berggruen nasceu em Paris e se mudou para os EUA para estudar na Universidade de Nova York. Ele trabalhou pela primeira vez na indústria imobiliária para a Bass Brothers Enterprises antes de fundar a Berggruen Holdings, em 1985, com o objetivo de administrar sua fortuna familiar. Em 1988, ele cofundou a Alpha Investment Management, um fundo de cobertura que foi vendido ao Banco Safra em 2004 por um valor não revelado. A Berggruen Holdings agora tem investimentos que variam de energia limpa na Turquia a uma empresa de aluguel de carros na Índia.

    O investidor e filantropo, que atualmente, aos 57 anos, mora em Beverly Hills e acumula US$ 1,8 bilhão, também tem interesses políticos e fundou o Instituto Nicolas Berggruen, em 2010, com o objetivo de desenvolver e implementar sistemas de governabilidade mais eficazes.

  • Alex Karp

    O CEO e cofundador da empresa de softwares Palantir Technologies se formou no Haverford College e na Universidade de Stanford (onde conheceu o seu sócio, Peter Thiel), antes de se mudar para a Alemanha para obter seu doutorado em Teoria Social Neoclássica na Universidade de Frankfurt. O conselheiro de Karp na cidade alemã foi o conhecido teórico crítico, sociólogo e filósofo Jürgen Habermas, aluno de Theodor Adorno, um dos principais pensadores da Escola de Frankfurt.

    Em 2015, a Palantir arrecadou US$ 880 milhões em financiamento de risco, valorizando a empresa em US$ 20 bilhões. Entre seus clientes estão agências governamentais, como a Polícia de Nova York, e é declaradamente a maior proprietária de imóveis em Palo Alto.

    O empresário tem 50 anos e possui uma fortuna de US$ 1,3 bilhão.

  • Drew Houston

    O empresário é CEO do Dropbox, serviço de transferência de arquivos e armazenamento online que cofundou em 2007, quando tinha 24 anos, com Arash Ferdowsi, seu colega no Massachusetts Institute of Technology. A empresa foi avaliada em US$ 10 bilhões em janeiro de 2014, após levantar US$ 350 milhões de empresas de capital de risco, incluindo a Sequoia Capital.

    Antes do Dropbox, Houston trabalhou em outras startups como Bit9, Accolade e Hubspot. Além do ranking de bilionários, ele também entrou na lista dos Empreendedores mais Ricos da América Abaixo dos 40 Anos na 18ª posição, em 2016. O bilionário de 35 anos mora em São Francisco, na Califórnia, e possui um patrimônio de US$ 2,9 bilhões.

  • Michael Rubin

    Michael Rubin é o acionista majoritário e CEO da Kynetic, a holding dos varejistas de e-commerce Fanatics, Rue La La e ShopRunner. Depois de abandonar a Universidade de Villanova, Rubin fundou a GSI Commerce, que vendeu para o eBay por US$ 2,4 bilhões em 2011. Como parte do acordo, ele pagou US$ 500 milhões pela participação majoritária de três ativos que o eBay não queria. Em agosto de 2017, o SoftBank anunciou um investimento de US$ 1 bilhão na Fanatics, que vende produtos esportivos. Sua fortuna é de US$ 3 milhões.

    O bilionário de 46 anos se divorciou da professora de dança Meegan Rubin, com quem tem uma filha, em 2011. Ele também já namorou com Nicole Lapin, âncora do canal de notícias CNN.

    Rubin, que mora em Bryn Mar, na Pensilvânia, é co-proprietário do time de basquete Philadelphia 76ers e do time de hóquei New Jersey Devils.

  • Russell Weiner

    Russel Weiner, mais conhecido como Russ Weiner, fundou a empresa de bebidas energéticas Rockstar em 2001, que, com uma bela campanha de marketing e o diferencial das latas mais altas, alcançou sucesso rápido. Hoje, o norte-americano de 48 anos tem fortuna de US$ 4,4 bilhões.

    O empreendedor, que vive em Delray Beach, na Flórida, teve alguns relacionamentos, segundo a imprensa, mas nunca revelou detalhes de sua vida pessoal.

  • Travis Kalanick

    Apesar de ter se afastado de seu cargo de CEO do Uber em 2017, em meio a polêmicas e pressão dos investidores, Travis Kalanick deve a maior parte de seus US$ 4,8 bilhões à empresa de transporte compartilhado que cofundou. Em janeiro deste ano, o empreendedor vendeu quase um terço de suas ações por US$ 1,4 bilhão.

    Alguns meses mais tarde, Kalanick criou um fundo de investimento chamado 10100 que, segundo anúncio do próprio empresário em seu perfil no Twitter, tem como objetivo a criação de empregos em larga escala. Na ocasião, Kalanick declarou que faria investimentos com fins lucrativos em imóveis, e-commerce e “inovação emergente” na China e na Índia, assim como trabalhos filantrópicos com foco em educação e no “futuro das cidades”.

    O empresário, que vive em São Francisco, na Califórnia, não teve nenhum relacionamento que seja de conhecimento público.

  • Jack Dorsey

    O fundador do Twitter e CEO da empresa de pagamentos Square desde 2009 tem uma fortuna estimada em US$ 5,4 bilhões. O norte-americano de 41 anos nunca se casou e esmagou os boatos de que que seria gay com uma série de relacionamentos heterossexuais. Tudo começou porque o empreendedor apoiou a comunidade transgênero contra a decisão do presidente Donald Trump de impedir que seus representantes servissem às forças armadas.

    Jack envolveu-se com a principal dançarina do San Francisco Ballett, Sofiane Sylve, em 2011. O relacionamento durou menos de um ano. Em 2012 começou a namorar a modelo e atriz britânica Lily Cole mas, a partir de dezembro de 2013, o casal não foi mais visto junto. Atualmente, tudo indica que – depois de várias idas e vindas – Jack esteja com a empreendedora norte-americana Kate Greer, a quem conhece desde 2010. O namoro teria começado ainda em 2013, depois da separação de Lily, quando ela postou vídeos dos dois durante férias no Japão. Quem quiser conferir deve procurar em São Francisco.

  • Mikhail Prokhorov

    A fortuna do empresário Mikhail Prokhorov é estimada em US$ 9,2 bilhões. Grande parte da riqueza do bilionário vem da venda, em 2008, de sua participação na gigante de metais – e líder mundial em produção de níquel – Norilsk Nickel. Ele, hoje, participa de empresas russas de alumínio, energia, seguros, bancos e mídia. Atualmente é presidente da Polyus Gold, uma das maiores mineradoras da Rússia.

    O empresário concorreu com Vladimir Putin na eleição presidencial de 2012 na Rússia, mas recebeu apenas 8% dos votos. Antes disso, envolveu-se em polêmicas, como a prisão em 2007, em uma estação de esqui nos Alpes franceses, após escândalo com um grupo de prostitutas. Aos 53 anos, o solteiro de 2,0 m gosta de kickboxing, jet ski e windsurf. Ele também é amigo do rapper norte-americano Jay-Z e proprietário de parte do time de basquete Brooklyn Nets.

  • Andrew Beal

    Andrew “Andy” Beal tem 65 anos e é dono da 132ª posição na lista de 2018 de bilionários da FORBES , com fortuna avaliada em US$ 9,8 bilhões. O norte-americano é banqueiro, empresário, investidor, jogador de pôquer e matemático. Ele é o fundador e presidente do Beal Bank e do Beal Bank USA.

    Beal já foi casado duas vezes: teve dois filhos com a primeira esposa e quatro com a segunda. É divorciado desde 2010.

  • Lukas Walton

    Neto do fundador da rede Walmart, Walton herdou a fortuna da família quando seu pai faleceu em 2005. Ele possui ações no Walmart, First Solar e Arvest Bank, mas não trabalha para as empresas.

    O bilionário de 31 anos ocupa a 83ª posição no ranking de bilionários da FORBES. Atualmente, mora em Jackson, no estado de Wyoming, e sua fortuna é de US$ 14,7 bilhões.

Tom Persson

Neto do fundador da Hennes & Mauritz – ou H&M -, Erling Persson, Tom Persson é também filho do homem mais rico da Suécia, Stefan Persson.

Formado em Cinema pela Met Film School de Londres, o bilionário investe em sua produtora Story Investment Company (SIC). Com o propósito de atuar no financiamento de trabalhos independentes do cinema e da televisão de seu país de origem, aos 33 anos, foca nas produções mais difíceis e, com isso, decidiu não trabalhar na empresa da família de fast fashion. Sua fortuna foi avaliada em US$ 1,3 bilhão em 2018.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).