Morre Otávio Frias Filho, diretor de redação da Folha

Getty Images
Morre Otávio Frias Filho, diretor de redação da Folha

Morreu nesta terça-feira (21) o jornalista e dramaturgo Otávio Frias Filho, diretor de redação da Folha de S. Paulo. Envolvido com a publicação desde os 17 anos, ao acompanhar decisões importantes do pai, Octávio Frias de Oliveira, Frias organizou o documento conhecido como Projeto Folha, responsável pela modernização do jornal. O cargo de diretor de redação era ocupado há 34 anos.

Frias nasceu em São Paulo e se formou em Direito pela USP, onde também fez pós-graduação em ciências sociais. Seus textos, além de pensatas, renderam diversos livros e espetáculos teatrais, como “Típico Romântico” e “Don Juan”. O jornalista já reduzia drasticamente a sua rotina na Folha há cerca de 11 meses.

“Sempre pensei em fazer carreira intelectual, acadêmica. Pensei até em fazer carreira política, mas nunca pensei propriamente em atuar aqui”, disse Frias, numa entrevista de 2010, sobre suas aspirações. Seu primeiro compromisso como diretor de redação, cargo que assumiu a conte do pai em 24 de maio de 1984, foi uma reunião com chargistas que queriam aumento.

O Projeto Folha foi seu grande trunfo, com o objetivo de modernizar todas as práticas da Folha, não apenas o jornalismo em si – da contratação por concurso até um sistema de avaliação estavam definidos no texto desenvolvido e organizado por Frias. A partir desse ponto, o jornal se autodeclarava “crítico, pluralista, apartidário e moderno”. Um ano depois, em 1985, o resultado: A Folha ultrapassava O Globo em vendagem.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).