Os 10 lugares mais assustadores do universo

Reprodução/Forbes
Embora meio assustadora, a estrela Fomalhaut não foi considerada apavorante o suficiente para entrar na lista dos 10 lugares mais assustadores do Universo

A imagem acima, feita pelo telescópio Hubble, de um disco protoplanetário em torno da jovem estrela Fomalhaut, com um planeta detectado na parte interna, assemelha-se a um olho misterioso e ardente. Embora meio assustadora, ela não foi considerada apavorante o suficiente para entrar na lista dos 10 lugares mais assustadores do Universo segundo a ciência.

LEIA MAIS: Os 7 shows de luzes mais poderosos do Universo

Como há um enorme conjunto de diferentes observatórios para visualizar o Universo, inúmeros detalhes podem ser revelados. O asterismo “Godzilla” abaixo, por exemplo, foi revelado pelo satélite Fermi, da NASA, que enxerga todos os 360 graus do céu em raios gama. O Godzilla pode não ser visível a olho nu, mas é reconhecido pela agência espacial norte-americana.

Reprodução/Forbes
O asterismo “Godzilla”, por exemplo, foi revelado pelo satélite Fermi, da NASA

Às vezes, o que encontramos no espaço evoca sentimentos aterrorizantes dentro de nós. Aproveitando o espírito do Halloween, confira, na galeria de fotos abaixo, os 10 lugares mais assustadores que o Universo tem a oferecer:

  • 1) Ghost Nebula (Nebulosa Fantasma)

    A nebulosa escura SH2-136 mostra silhuetas demoníacas contra um pano de fundo estelar cintilante. O Hubble fotografou a Nebulosa Fantasma, que tem misteriosos véus de gás e poeira ondulantes e semitransparentes. A nebulosa de aparência arrepiante está localizada a 550 anos-luz de distância, na constelação Cassiopeia.

  • 2) Hand of God (Mão de Deus)

    Os ventos de um pulsar criam essa visão fantasmagórica e envolvente. A mão azul é, na verdade, um gás emissor de raios X que sai de um pulsar central, cujos ventos superaquecem o gás circundante e fazem com que ele emita os raios. A forma de mão é uma coincidência cósmica, e os fantasmagóricos filetes vermelhos na ponta dos dedos são simplesmente uma nuvem de gás próxima, a RCW 89, que também é aquecida pelos ventos do pulsar.

  • 3) Skull Nebula (Nebulosa da Caveira)

    A estrela central, mais fraca, está morrendo e é responsável pelo contorno gasoso que envolve as estrelas brilhantes. A nebulosa NGC 246 é mais conhecida como a Nebulosa da Caveira, devido à presença de seus dois olhos fulgurantes. O olho central é, na verdade, um par de estrelas binárias, e o menor, mais fraco, é responsável pela própria nebulosa, à medida que expele suas camadas externas. Ela está a somente 1,6 mil anos-luz de distância, na constelação de Cetus.

  • 4) Crouching Gargoyle (Gárgula Agachada)

    Supostamente, a IRAS 05437+2502 é apenas uma nuvem de gás interestelar de aspecto medonho. Uma estrela jovem e de alta velocidade ilumina o gás interestelar nas imediações, revelando uma forma que parece uma gárgula agachada à espreita. A nebulosa é conhecida oficialmente como IRAS 05437 +2502 e foi descoberta nos anos 1980.

  • 5) Ghost Head Nebula (Nebulosa Cabeça de Fantasma)

    Os “olhos resplandecentes” a 168 mil anos-luz de distância são produzidos por estrelas massivas recém-formadas. Estes olhos gigantes e brilhantes são a característica mais marcante da Nebulosa Cabeça de Fantasma, mas são criados por diferentes processos. As bolhas resplandecentes de hidrogênio e oxigênio são produzidas por uma única estrela brilhante (à esquerda) e por uma série de estrelas cobertas e poeirentas (à direita) para os dois olhos.

  • 6) X-ray Skull (Caveira de raio X)

    Os “olhos resplandecentes” a 168 mil anos-luz de distância são produzidos por estrelas massivas recém-formadas. Estes olhos gigantes e brilhantes são a característica mais marcante da Nebulosa Cabeça de Fantasma, mas são criados por diferentes processos. As bolhas resplandecentes de hidrogênio e oxigênio são produzidas por uma única estrela brilhante (à esquerda) e por uma série de estrelas cobertas e poeirentas (à direita) para os dois olhos.

    Trata-se, apenas, do aglomerado de galáxias de Perseu visto em raios X. O que parece ser uma caveira espacial em chamas é, na verdade, apenas a emissão de raios X proveniente da região central do aglomerado de galáxias de Perseu. Mesmo assim, é assustador.

  • 7) Face on Mars (Rosto de Marte)

    Estas estranhas formações rochosas marcianas parecem rostos em agonia. O famoso (ou infame) Rosto de Marte foi retratado em 1976 pela sonda Viking 1 da NASA. Segundo teóricos da conspiração, este rosto, que lembra Han Solo congelado em carbonita, está ligado a uma cidade de ruínas marcianas localizada nas proximidades. Imagens e análises adicionais mostraram que todas eram meras formações rochosas.

  • 8) Halloween Asteroid (Asteroide Halloween)

    Denominado oficialmente 2015 TB145, este asteroide de 650 metros de largura passará perto da Terra em apenas algumas semanas. Esta visão mostra claramente as suas crateras rotativas, que lhe conferem uma aparência de caveira.

  • 9) Eye of Sauron Nebula (Nebulosa Olho de Sauron)

    Emitida por uma estrela gigante vermelha em extinção, ela nos espia a 10 mil anos-luz de distância. O redemoinho ardente, conhecido informalmente como Nebulosa Olho de Sauron, é, na verdade, uma nebulosa planetária denominada ESO 456-67. Os diferentes gases e opacidades se traduzem em uma vista deslumbrante, com vários comprimentos de onda, que olha para você diretamente do outro lado da galáxia.

  • 10) Terminator Tinkerbell (Fada Exterminadora)

    Estas três galáxias em colisão, ESO 593-IG 008, parecem uma monstruosidade reluzente no espaço. The Bird (O Pássaro), também conhecido como Sininho, fica a 650 milhões de anos-luz de distância. Fusões de três galáxias são raras, mas esta se parece claramente com uma fada alada segurando uma arma no estilo Rambo ou Exterminador do Futuro.

1) Ghost Nebula (Nebulosa Fantasma)

A nebulosa escura SH2-136 mostra silhuetas demoníacas contra um pano de fundo estelar cintilante. O Hubble fotografou a Nebulosa Fantasma, que tem misteriosos véus de gás e poeira ondulantes e semitransparentes. A nebulosa de aparência arrepiante está localizada a 550 anos-luz de distância, na constelação Cassiopeia.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).