Cientistas descobrem ovos de dinossauros coloridos

Getty Images
A coloração azul-escura dos ovos proporcionava uma vantagem evolutiva aos dinossauros

Alguns dinossauros punham ovos coloridos, salpicados e manchados com tons extraordinários de azul e marrom, uma descoberta que desafia a ideia de que tais características excepcionais surgiram com os pássaros, disseram cientistas hoje (1).

LEIA MAIS: Cientistas encontram queijo mais antigo do mundo

Uma análise de 12 cascas de ovos de dinossauros fossilizadas da Europa, Ásia, América do Norte e América do Sul detectou os mesmos dois pigmentos presentes em ovos coloridos de pássaros em um grupo de dinossauros chamado eumaniraptorans, que inclui carnívoros conhecidos como o velociraptor e o pequeno dinossauro de penas que foi ancestral dos pássaros.

“Descobrimos que a cor nos ovos não é um traço único de nossos pássaros modernos, mas evoluíram de seus ancestrais dinossauros não-aviários”, disse Jasmina Wiemann, paleontóloga da Universidade Yale que liderou o estudo publicado no periódico científico “Nature”. “Nosso estudo muda fundamentalmente nosso entendimento da evolução da cor nos ovos, e acrescenta cor aos ninhos de dinossauros do ‘Jurassic World’ verdadeiro.”

Um exemplo é o Deinonico, predador de garras em forma de foice que punha ovos azuis com manchas marrons, e o oviraptor, que se parecia a um pássaro por ter um bico sem dentes e colocava ovos azul-escuros.

Os pássaros evoluíram a partir de dinossauros eumaniraptoran do Período Jurássico. O pássaro mais antigo que se conhece, o Archaeopteryx, que viveu cerca de 150 milhões de anos atrás na Alemanha.

Em geral, os eumaniraptorans, parte de um grupo mais amplo de dinossauros carnívoros de duas pernas conhecidos como theropoda, eram pequenos e semelhantes a pássaros, sendo cobertos por uma plumagem colorida. Entre eles havia predadores de até 9 metros de comprimento e pequenos como gatos domésticos, mas não colossos como o Tyrannosaurus rex e o Giganotosaurus.

VEJA TAMBÉM: Cientistas desenvolvem prótese para restaurar memória

A cor nos ovos proporcionava uma vantagem evolutiva aos dinossauros que montavam ninhos expostos para seus ovos, ao invés de enterrá-los como o crocodilos e as tartarugas fazem, em parte por criar uma camuflagem contra predadores que comiam ovos, disseram os pesquisadores.

Todos os outros dinossauros estudados produziam ovos brancos comuns, o que indica uma única origem evolutiva de cor nos ovos nos eumaniraptorans que foi transmitida a seus descendentes pássaros.

No caso dos eumaniraptorans, os pesquisadores descobriram indícios de um pigmento azul-esverdeado chamado biliverdina e um pigmento vermelho-marrom chamado protoporfirina IX integrados estruturalmente na matriz cristalina da casca do ovo, assim como ocorre nos pássaros.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).