Conheça a tecnologia que conecta negócios com Google Pay, Apple Pay e Samsung Pay

Divulgação

Fazer compras em lojas virtuais por meio de dispositivos móveis já se tornou um hábito do consumidor – e esse hábito só tende a crescer. Por isso, empresas digitais que querem se destacar e aproveitar o enorme potencial do mobile commerce precisam entregar a melhor experiência de pagamento. A Adyen tem se mostrado uma grande parceira nesse movimento. Criada em 2006 com o objetivo de construir uma plataforma inovadora e unificada de pagamentos, conectada às redes de cartões e aos métodos de pagamento espalhados pelo mundo, ela tem atendido às necessidades de expansão de clientes “antenados” sob o conceito “pagamento sem barreiras, negócios sem limites”.

Um dos caminhos que levam à “melhor experiência de pagamento” (que pode ser resumida em praticidade e segurança)
são as wallets (carteiras digitais), uma tecnologia que permite armazenar dados bancários de forma segura – as informações ficam criptografadas no sistema e, quando acessadas pelo dono, podem ser usadas para realizar compras na internet. Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay são as mais conhecidas no Brasil, Europa, Ásia-Pacífico e EUA. Na China, as mais famosas são o Alipay e o WeChat Pay.

O Google Pay foi lançado nos EUA em 2015 e chegou ao Brasil – em uma parceria pioneira com a Adyen – em outubro de 2017. Também é usado no Reino Unido, Polônia, Austrália, Hong Kong e Singapura. Como ocorre em muitos países, o sistema operacional Android é o mais utilizado no Brasil, onde detém cerca de 80% do market share – portanto, o Google Pay tem um enorme potencial de vendas. Simples e seguro, ele permite realizar compras com um toque no celular, sem a necessidade de inserir repetidamente informações de pagamento ou endereço de entrega.

A Apple não ficou parada, e em abril lançou no país o Apple Pay, também em parceria com a Adyen. Já conta com 252 milhões de usuários no Brasil, EUA, Canadá, Austrália, Suíça, França e Reino Unido, entre outros. Segundo dados da Adyen, é a carteira que cresce mais rapidamente. No Brasil, Magazine Luiza, RecargaPay e iFood foram algumas das primeiras marcas a oferecer esse método a seus usuários.

Outra parceria da Adyen resultou no Samsung Pay. Dafiti, Evino, Peixe Urbano, OLX, Posthaus, Hotmart e a própria loja da Samsung já estão prontas para oferecer esse método de pagamento aos consumidores. Em termos de segurança, além de requisitar autenticação biométrica, o Samsung Pay gera um código específico para cada compra, evitando que os dados do cartão trafeguem na internet.

A China, com cerca de 1 bilhão de usuários de smartphones, lidera o uso de wallets. O Alipay, por exemplo, é usado em 50% das compras online – com 300 milhões de usuários, é uma força que está alavancando os pagamentos móveis no país. O aplicativo WeChat Pay, por sua vez, é a mais recente adição ao crescente conjunto de meios de pagamento global oferecido pela Adyen. Originalmente um app de troca de mensagens com 800 milhões de usuários, agora possibilita pagamentos P2P (pessoa para pessoa).

As carteiras digitais são um mecanismo fundamental para aprimorar a experiência dos clientes, que estão cada vez mais exigentes e escolhendo e-commerces que oferecem a experiência de compra mais descomplicada e a possibilidade de pagar da maneira que preferirem. A Adyen trabalha com os principais métodos de pagamentos globais, incluindo as e-wallets, para garantir integrações simples e sem barreiras para cada cliente.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).