A escola que forma cidadãos globais

Divulgação

No Brasil desde 2011, a The British College of Brazil (BCB) tornou-se, em pouco tempo, a escola mais procurada por famílias de estrangeiros de 38 nacionalidades que vivem no país (esses alunos representam 61% do total). Os alunos brasileiros da BCB são de famílias que escolheram a escola atraídos pela qualidade de ensino e pelos valores que ela transmite. A BCB faz parte da família de escolas do grupo Nord Anglia Education (NAE), formado por mais de 55 escolas internacionais em 27 países. Isso garante a seus alunos e professores acesso a salas de aula globais e oportunidades de troca de experiências com outros alunos e professores ao redor do mundo. “Fazer parte do Nord Anglia permite que nosso currículo seja reforçado por meio de colaborações com as melhores organizações do mundo, como o Massachusetts Institute of Technology (MIT), o King’s College de Londres e o Unicef ”, conta Duncan Rose, diretor da instituição.

“O NAE também oferece aos nossos alunos acesso a eventos e excursões internacionais, reforçando neles uma consciência global.” As experiências incluem, por exemplo, expedições à Tanzânia, aos Global Games e aos festivais de arte em Orlando, ao Global Campus (que conecta alunos do mundo todo em atividades e competições online) e aos diversos Summer camps em vários locais da Europa e América. “Nossa abordagem resulta em alto desempenho escolar e dá aos alunos as habilidades essenciais para se desenvolverem no século 21”, avalia Duncan Rose. “Incentivamos seu filho a pensar mais alto, dentro de uma perspectiva global e de uma abordagem personalizada da aprendizagem. Não há limite para o que nossos alunos, colaboradores e comunidades podem alcançar.”

A escola primária da BCB baseia-se no Currículo Nacional Inglês (ENC) para crianças a partir dos 2 anos – 95% dos professores são nativos britânicos. Além disso, contamos com outras disciplinas, como língua portuguesa, história, cultura e geografia do Brasil, oferecendo, assim, uma certificação dupla. Outras habilidades desenvolvidas na sala de aula são autonomia, independência, trabalho em equipe, liderança, autodisciplina, consciência, tolerância, coragem, integridade, assertividade e determinação. “As crianças despertam sua curiosidade natural e as habilidades necessárias para fazer análises e pesquisas, para ter independência na aprendizagem. Desenvolvem a paixão por aprender, e esse amor será mantido por toda a vida”, diz o diretor.

No nível secundário, o Currículo Nacional Inglês é ensinado aos alunos do 7º ao 9º ano, seguido pelo Certificado Geral Internacional de Educação Secundária (IGCSE) nos dois anos seguintes. Durante toda essa trajetória, os alunos são incentivados a contribuir e a interagir com a comunidade, organizando e participando de atividades esportivas, artísticas e filantrópicas. “A BCB forma cidadãos globais, com consciência social, moral, ambiental e cultural, que querem – e podem – causar um impacto positivo na sociedade”, afirma Duncan Rose.

A British College of Brazil tem duas unidades, ambas em São Paulo – uma na Cidade Jardim e outra na Chácara Flora (www.britishcollegebrazil.org).

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).