MacKenzie Bezos pode se tornar a mulher mais rica do mundo

GettyImages
Se MacKenzie Bezos, 48 anos, realmente receber metade dos bens do marido, a fortuna recebida a colocaria na 5a posição na lista da FORBES de Bilionários do Mundo.

Jeff Bezos e sua esposa, MacKenzie, vão se divorciar depois de 25 anos de união, anunciou o casal na manhã de ontem (9). Eles não revelaram o motivo da separação.

VEJA TAMBÉM: 17 divórcios milionários dos ricos e famosos

“Decidimos nos divorciar e continuar nossas vidas compartilhadas como amigos”, disseram eles no comunicado, que foi postado no Twitter de Jeff Bezos. “Ainda que soubéssemos que nos separaríamos depois de 25 anos, faríamos tudo de novo.”

Bezos, que tem uma fortuna avaliada em US$ 137,1 bilhões, é a pessoa mais rica do mundo. Ainda não está claro como o divórcio afetará seu patrimônio e participação na Amazon, a gigante do comércio eletrônico que ele fundou em 1994. Aos 54 anos, o bilionário detém cerca de 16% do negócio, que compreende mais de 95% de sua fortuna. Ele também é dono do “Washington Post” e da empresa de foguetes Blue Origin.

Segundo informações do “TMZ”, o casal não possui acordo pré-nupcial. De acordo com as leis de Washington, onde o Bezos e MacKenzie vivem majoritariamente, é obrigatório que os cônjuges divorciados dividam equitativamente “propriedade comunitária”, incluindo toda a renda gerada durante o casamento.

“Parece muito provável, se não 100% de certeza, que o que Jeff Bezos ganhou na Amazon seja considerado renda comunitária”, diz David Starks, sócio do escritório de advocacia McKinley Irvin, de Seattle. Ele acrescentou, no entanto, que por meio de um acordo pré-nupcial ou pós-nupcial, “é possível optar por ter seus ativos tratados de maneira diferente, e isso não é incomum”.

Além disso, “conceder a um cônjuge sua parte de um ativo comunitário não significa necessariamente transferir o ativo para ele”, observa Virginia Onu, advogada de Washington. Em outras palavras, em vez de vender ou transferir ações da Amazon, Jeff Bezos poderia oferecer uma compensação monetária equivalente ao valor justo de mercado das ações.

E AINDA: 9 dos divórcios mais caros da história

Se MacKenzie Bezos, 48 anos, realmente receber metade dos bens do marido, ela será dona de uma fortuna estimada em US$ 68,5 bilhões, valor que a colocaria na 5a posição na lista da FORBES de Bilionários do Mundo e a tornaria a mulher mais rica do mundo, com mais de US$ 23,5 bilhões a mais que Alice Walton, filha de Sam Walton, fundador da rede Walmart.

Mesmo levando em consideração um pagamento mínimo – de 1% – da fortuna de Bezos a MacKenzie, o divórcio ainda seria um dos de maior valor da história.

O casal Bezos tem quatro filhos, frequentou Princeton, mas se conheceu depois de se formar enquanto trabalhava na empresa de investimentos D.E. Shaw – MacKenzie era uma associada na equipe de Jeff. Eles se casaram em 1993 e se mudaram para Seattle em 1994, mesmo ano em que a Amazon foi fundada.

MacKenzie Bezos possui uma carreira de sucesso por esforço próprio. Especialista em escrita criativa (foi assistente de pesquisa de Toni Morrison), ganhou o American Book Award por seu primeiro romance, “The Testing of Luther Albright”, publicado em 2005. Ela também fundou a organização antibullying Bystander Revolution.

Representantes da Amazon não responderam aos pedidos de entrevistas.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).