Karl Lagerfeld morre aos 85 anos

GettyImages
Além da moda, Karl ficou conhecido por suas fotografias e chegou a dirigir alguns curta-metragens.

O designer alemão Karl Lagerfeld morreu na manhã de hoje (19) em Paris, após passar duas semanas doente. Ícone da moda, o profissional esteve à frente da direção criativa da Chanel por mais de três décadas. Presença obrigatória em todos os desfiles, ele perdeu, pela primeira vez na história, o desfile mais recente da grife, em 22 de janeiro deste ano, durante a última semana de moda de Alta Costura de Paris.

VEJA TAMBÉM: Ricardo Boechat morre em acidente de helicóptero em SP

Sempre acompanhado de sua gata de estimação, Choupette, o designer era incansável. Lançava cerca de oito coleções diferentes da Chanel por ano, dirigia a grife italiana Fendi e cuidava de sua etiqueta própria, que levava o seu nome, a qual vendeu para o grupo Tommy Hilfiger em 2005.

Sua carreira começou em 1955, quando foi trabalhar como assistente do designer Pierre Balmain. Em 1983, quando foi convidado a assumir a Chanel, muitos não acreditavam no poder da marca. Karl, então, reviveu as principais criações e DNA da fundadora, Gabrielle, e atribuiu toques modernos, sem nunca perder a essência da grife. A aposta funcionou: a Chanel é hoje uma das marcas de luxo mais desejadas e poderosas do mundo, e está na posição 87º da lista das marcas mais valiosas do mundo, segundo a Forbes. Além da moda, Karl ficou conhecido por suas fotografias e chegou a dirigir alguns curta-metragens.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).