10 dicas do feng shui para ter sucesso nos negócios

Getty Images
Técnica chinesa traz prosperidade e equilíbrio para o ambiente de trabalho

O sucesso pode percorrer caminhos inesperados. Um deles é a aplicação de uma técnica chinesa com tradição milenar. Por meio da disposição de salas e móveis, o feng shui busca potencializar o equilíbrio em um ambiente de trabalho harmônico, capaz de conservar as energias positivas presentes em um espaço e redirecionar as negativas, de modo a beneficiar as pessoas que o utilizam.

LEIA MAIS: 7 dicas de mindfulness para empreendedores

A consultora e terapeuta Katia Gonzalez explica que, ao contrário do que muitas pessoas pensam, o feng shui não tem nada a ver com religião. “Não dá para falar de feng shui sem falar de energia”, comenta. Segundo a “gurua”, como Katia é chamada por seus clientes, a técnica trata de energização e pode ser fundamental para a prosperidade de uma empresa.

O trabalho de Katia, realizado há mais de 25 anos, baseia-se na utilização de uma ferramenta chamada baguá. O instrumento é como uma bússola que os orientais adotam para definir nove áreas em um ambiente: trabalho, relacionamento, família, saúde, prosperidade, amigos, criatividade, autoconhecimento e sucesso, além de uma “central de terra”, que representa a soma de todas.

A partir de um estudo das energias que circulam pelo espaço, é possível desenvolver bons relacionamentos, elevar a produtividade, melhorar as finanças e obter sucesso empresarial.

“Também cuido da energia dos funcionários, já que o espaço sofre interferência das pessoas que estão nele”, acrescenta Katia. A consultora de feng shui, também chamada de benzedeira e “CEO da energia”, já realizou curso de reiki (prática enquadrada na doutrina do vitalismo, que consiste em manipular a energia vital dos corpos), leitura corporal, frequência de luz e de pedras.

Veja, na galeria de fotos abaixo, 10 dicas de feng shui para obter sucesso nos negócios, segundo Katia Gonzalez:

  • 1. Observar salas e números

    Um ponto importante para garantir o equilíbrio é a escolha de salas e números. Na hora de alugar o andar de um edifício para abrir um escritório, por exemplo, a dica é se basear na numerologia – para que os números funcionem a seu favor – e escolher uma sala com sonoridade e luminosidade adequadas. A terapeuta corporal explica que isso é fundamental para que a energia possa fluir dentro do espaço.

  • 2. Priorizar a marca

    Um dos principais passos para aperfeiçoar o feng shui no ambiente de trabalho é priorizar a marca, exibindo seu logo em diversos pontos do escritório. De acordo com a consultora, essa exaltação faz com que os funcionários tenham orgulho de trabalhar para a empresa. Além disso, é importante para criar a noção de que há um chefe no controle, conduzindo a companhia e assegurando que tudo está em ordem.

  • 3. Dividir setores

    Para otimizar a produtividade de cada setor da empresa, é necessário alocar os departamentos de acordo com as áreas mais prósperas. “Delimito espaços e separo cada setor de maneira que ocupe uma área correspondente à sua energia no escritório”, conta a consultora. Exemplificando: Katia encontra a área mais próspera para estabelecer o setor financeiro, a área de fama e sucesso para colocar a marca em evidência e a área de criatividade para o pessoal responsável por novos projetos.

  • 4. Organizar a equipe

    Além de usar a bússola oriental para localizar espaços, Katia trata também das energias das pessoas, fundamental para o bem-estar coletivo. De acordo com a teoria chinesa “Wu Xing” (“Wu” significa “cinco” e Xing, “andar”), existem cinco elementos básicos que formam o mundo material – bem como as nossas personalidades: água, fogo, metal, madeira e terra. Para que o trabalho em equipe seja mais eficiente, a consultora de feng shui realiza o estudo de cada um para aproximar pessoas com elementos compatíveis.

  • 5. Posicionar mesas e cadeiras

    Uma das diretrizes mais mencionadas por Katia ao longo da entrevista é a de que funcionário não deve sentar de costas para a porta, pois isso pode distraí-lo do trabalho quando alguém entra. Outra dica é pensar na estrutura de escritórios e salas de reunião. Ter uma cadeira localizada embaixo de uma viga ou uma divisória no meio do escritório pode cortar o fluxo de energias positivas. “Hoje em dia, os escritórios são mais abertos, o que aumenta a flexibilidade”, comenta.

  • 6. Arrumar documentos e equipamentos

    “Mesa atolada de papel não é mais sinônimo de trabalho. É preciso separar coisas a resolver e coisas resolvidas”, define Katia. E não são só os documentos que podem atrapalhar a energia e a produtividade: equipamentos também podem influenciar o fluxo. “Itens de energia têm campos eletromagnéticos e podem atrapalhar o trabalho, pois são associados à confusão. Tudo é desgaste emocional para quem está perto.”

  • 7. Ordenar as cores dos ambientes

    A paleta de cores também é um elemento essencial para um feng shui bem aplicado. Para reforçar a questão do sentimento de orgulho da empresa, uma indicação é pintar paredes com a cor da marca. Para beneficiar o bem-estar dos funcionários, outra cor recomendada é o verde, que desperta um sentimento de paz, enquanto o vermelho simboliza a fama e o sucesso.

  • 8. Cuidado com a decoração

    A terapeuta alerta para alguns elementos decorativos que podem prejudicar a harmonia do escritório, principalmente em se tratando de plantas. “Não pode ter cacto, trepadeira e planta jiboia. Nada de uma planta crescendo por cima da outra, pois cria disputas hierárquicas”, adverte. O cacto, diz, é uma planta que não precisa de nada do que o ser humano precisa, como água e sol, deixando pessoas impacientes umas com as outras.

  • 9. Privilegiar a recepção

    Segundo Katia, a recepção é um lugar muito importante no feng shui, já que funcionários e clientes passam por ali. A recomendação é colocar espelhos e priorizar um local com arquitetura harmônica. “Hoje não levantamos mais a bandeira do crucifixo na recepção, para não perder clientes por razões religiosas”, acrescenta.

  • 10. Assegurar que tudo está em ordem

    Por fim, para obter sucesso nos negócios, certifique-se de que mesas e cadeiras estejam bem firmes, sem balançar, e que portas estejam sem rangido. Outro ponto a ser checado é a temperatura do espaço: uma sala mais fria obriga funcionários a levantar e se mexer, produzindo mais. “Luz boa, área de descompressão bacana e cristais também são muito bem-vindos”, finaliza.

1. Observar salas e números

Um ponto importante para garantir o equilíbrio é a escolha de salas e números. Na hora de alugar o andar de um edifício para abrir um escritório, por exemplo, a dica é se basear na numerologia – para que os números funcionem a seu favor – e escolher uma sala com sonoridade e luminosidade adequadas. A terapeuta corporal explica que isso é fundamental para que a energia possa fluir dentro do espaço.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).