MacKenzie Bezos vai doar metade de sua fortuna de US$ 35,9 bi para a caridade

GettyImages
MacKenzie Bezos é a mais recente bilionária a assinar o Giving Pledge e comprometer pelo menos metade de sua fortuna, avaliada em US$ 35 bilhões

Resumo:

  • Mackenzie Bezos comprometeu metade da sua fortuna de US$ 35 bilhões ao assinar o fundo para a caridade Giving Pledge;
  • Iniciativa de Bill Gates e Warren Buffett iniciada em 2010 e voltada para a filantropia conta com nomes como Mark Zuckerberg, Richard Branson, Robert F. Smith e o brasileiro Elie Horn;
  • Giving Pledge possui, até o momento, a assinatura de mais de 200 das pessoas mais ricas do mundo;
  • Acordo de divórcio com Jeff Bezos, fundador da Amazon, rendeu a MacKenzie 4% das ações da empresa de US$ 897 bilhões.

MacKenzie Bezos é a mais recente bilionária a assinar o Giving Pledge e comprometer pelo menos metade de sua fortuna, avaliada em US$ 35 bilhões, com a caridade. MacKenzie se junta a Mark Zuckerberg, Richard Branson e Robert F. Smith na lista de participantes da iniciativa de Bill Gates e Warren Buffett, que conta, ainda, com o brasileiro Elie Horn, principal acionista da Cyrela.

VEJA TAMBÉM: Jeff Bezos e esposa MacKenzie decidem se divorciar

Em uma carta publicada pelo Giving Pledge, organização fundada para incentivar os outros bilionários a doar o seu patrimônio ainda em vida para a filantropia, MacKenzie escreve sobre ter “uma quantia desproporcional de dinheiro para compartilhar” e credita “a uma série infinita de influências e sorte que nunca poderemos entender completamente” por sua riqueza.

A assinatura de MacKenzie, juntamente com os bilionários de fundos de hedge David Harding e Paul Tudor Jones, com o executivo-chefe da Coinbase, Brian Armstrong, e com o cofundador do WhatsApp, Brian Acton, eleva o total de assinantes para mais de 200 pessoas.

O Giving Pledge teve início em agosto de 2010, quando 40 das pessoas mais ricas dos Estados Unidos assumiram o compromisso de doar mais da metade de suas riquezas. O esquema é descrito como um “convite aberto aos bilionários para destinar publicamente a maioria de suas riquezas à filantropia”.

Embora MacKenzie Bezos não cite nenhuma causa em particular, ela escreve: “Minha abordagem para a filantropia continuará a ser profunda. Vai levar tempo, esforço e cuidado. Mas eu não vou esperar e vou continuar até que o cofre esteja vazio”

Quem é MacKenzie Bezos

MacKenzie Bezos tornou-se a terceira mulher mais rica do mundo este ano depois de anunciar os termos do acordo do divórcio com seu marido e fundador da Amazon, Jeff Bezos.

E AINDA: Jeff Bezos: a pessoa mais rica do mundo

Apesar de amigável, a negociação do tipo é a maior de todos os tempos – MacKenzie recebeu 4% das ações da Amazon, equivalente a mais de US$ 35 bilhões em 4 de abril de 2019.

Com o atual valor de mercado da Amazon em US$ 897,66 bilhões, a participação de 4% de MacKenzie agora vale US$ 35,9 bilhões.

MacKenzie também é uma romancista de sucesso, descrita pelo autor Toni Morrison como “uma das melhores alunas que já tive”. Ela conheceu Jeff Bezos enquanto ambos trabalhavam no fundo de hedge D.E. Shaw, em Nova York, e se casaram em 1993. Ela confirmou seu divórcio no twitter: “Grata por finalizar o processo de dissolução de meu casamento com Jeff”.

A herdeira da L’Oreal, Françoise Bettencourt Meyers, é a mulher mais rica do mundo, com patrimônio líquido de US$ 53,6 bilhões, enquanto Alice Walton, da Walmart, é a única mulher à frente de MacKenzie no ranking, com uma fortuna de US$ 47,1 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).