6 dicas para enfrentar o medo de voar

Sproetniek/GettyImages
O medo de voar afeta cada pessoa de forma diferente, por isso é importante entender o que o causa para decidir qual a melhor maneira de abordá-lo e assim, vencê-lo

Resumo:

 

  • O medo de voar pode impedir você de visitar amigos ou familiares distantes e até realizar a sua viagem dos sonhos; 
  • A sensação desconfortável na hora do voo é causada por diferentes razões como medo da turbulência, condições de saúde, claustrofobia ou por não estar no controle do avião;
  • O cuidado com a alimentação, o entretenimento, a prática de uma respiração lenta, o planejamento do percurso da viagem e estar acompanhado são técnicas que contribuem para enfrentar o medo de voar.

Voar pode ser uma das experiências mais emocionantes ou aterrorizantes da sua vida. Se você quer viajar longas distâncias ou precisa chegar a algum lugar rapidamente, muitas vezes um voo é a sua única opção. O medo de voar também pode estar o impedindo de realizar sua viagem dos sonhos ou visitar amigos e familiares distantes.

VEJA MAIS: Os 17 maiores incômodos em uma viagem de avião

O medo de voar afeta cada pessoa de forma diferente. Entender o que causa seu medo é importante para saber quais são os possíveis remédios. Uma vez que você os conhece, pode decidir qual a melhor maneira de abordar o seu medo e fazer o que for preciso para vencê-lo.

Veja na galeria de fotos abaixo, 6 dicas para enfrentar o medo de voar:

  • Identifique o seu medo de voar

    Há diferentes razões pelas quais surge o medo de voar, por exemplo, condições de saúde, medo da turbulência, claustrofobia ou por não estar no controle do avião. Seja qual for o motivo, é possível superar seu medo.

    Além disso, mais pessoas do que você imagina se sentem dessa forma. Pode ser reconfortante saber que, durante o voo, você não será o único no avião com medo. Na verdade, a rede norte-americana ABC News reporta que cerca de 25% das pessoas têm medo de voar.

  • Evite cafeína e açúcar

    Mesmo que você não tenha medo de voar, é aconselhável limitar sua ingestão de cafeína e açúcar nos dias de viagem. O excesso pode causar desidratação, nervosismo e ainda aumentar o tempo de recuperação dos efeitos negativos do jet-lag (alteração do ritmo biológico nas 24 horas consecutivas, após mudanças do fuso horário em longas viagens de avião). Se você já está ansioso para voar, essas condições não ajudam nada.

    Em vez disso, beba muita água e suco. Tente comer frutas frescas e alimentos ricos em nutrientes. Se você tem uma longa escala, considere também fazer uma refeição em um restaurante do aeroporto. Embora não seja fácil, manter a sua dieta regular e os horários das refeições, tanto quanto possível, ajuda a proporcionar uma sensação de rotina.

    Certifique-se de levar muitos snacks de casa, pois você pode comê-los durante o voo para manter os níveis de açúcar no sangue elevados.

    Se tiver enjoo e tomar medicamentos como o Dramin, não negligencie os efeitos colaterais do remédio. Estar menos propenso a se sentir mal pode acalmar os nervos, mas beber álcool pode intensificar os efeitos colaterais.

  • Divirta-se

    Distrair-se assistindo a filmes, lendo livros, jogando ou conversando com a pessoa ao seu lado é outra maneira de ajudar a enfrentar o medo de voar. Muitas companhias aéreas oferecem filmes a bordo em voos mais longos e um número crescente das empresas também transmite conteúdo diretamente para seu smartphone ou tablet, quando você faz o download do aplicativo da companhia.

    Você normalmente terá de levar seus próprios fones de ouvido, embora, às vezes, a linha aérea tenha alguns disponíveis para compra. Também uma boa ideia consultar os funcionários para verificar as opções de entretenimento a bordo do seu voo.

    Em razão de aplicativos de streaming como Netflix e Hulu exigirem muita largura de banda, o wi-fi da empresa não permite que você os utilize. Consequentemente, será necessário baixar previamente os programas e filmes no seu dispositivo se não quiser depender do entretenimento oferecido no voo. Certifique-se de que seu conteúdo é adequado para crianças já que você não sabe quem mais estará assistindo à sua tela.

  • Pratique exercícios de respiração

    Levar uma conversa casual, ler um livro ou assistir a um filme é o suficiente para algumas pessoas. Outras, precisam de métodos mais avançados para vencer o medo de voar.

    Exercícios de respiração profunda podem ser uma das melhores maneiras para ignorar seu medo. Antes de voar, pesquise e pratique diferentes técnicas, guarde-as no seu smartfone ou imprima em um pedaço de papel, uma vez que o registro visual ajuda a não esquecer “como respirar” até que uma rotina mental seja desenvolvida.

    Outra opção é baixar um aplicativo que ajude a diminuir a ansiedade por conta da turbulência. O aplicativo Turbcast usa os mesmos relatórios meteorológicos de aviação que os pilotos utilizam para prever onde uma viagem atribulada pode ocorrer, o que permite a busca de maneiras para permanecer calmo.

    Outros aplicativos de viagem contribuem para a prática da respiração lenta por meio da meditação e sessões terapêuticas pré-voo. Aqueles classificados como “premium” oferecem, geralmente, mais recursos como vídeos, exercícios interativos ou rastreamento GPS em tempo real que ajudam a proporcionar mais tranquilidade. Se você gosta de conhecer os fatos, muitos aplicativos também ofecerem explicações detalhadas sobre as causas da turbulência ou outras fontes de ansiedade, como estatísticas de acidentes de voo. Entender como algo funciona pode ajudar muito na superação do medo de voar.

    Usar uma manta ou uma almofada com peso e tamanho de viagem também pode ser útil para manter a calma. Esses cobertores são mais pesados ​​do que aqueles padronizados de avião e alguns vêm com alças nas quais seus dedos podem segurar para canalizar sua energia.

  • Pegue voos mais curtos

    Quando seu destino é muito distante, você pode escolher dividir a viagem e pegar voos mais curtos. Embora isso signifique que você não voará sem parar, poder caminhar pelo terminal pode ser um bom truque para terminar sua viagem sem problemas.

    Se houver tempo, é possível programar uma longa parada nas cidades de conexão para visitar os arredores. Quando você não tem esse luxo, caminhar pelo terminal para esticar suas pernas e fazer uma refeição ou beber algo pode ser relaxante. Embora você possa precisar sentar um pouco, procure maneiras de ser ativo, pois ficará muito tempo sentado no seu próximo voo.

    A medida que o seu medo de voar vai embora, você pode pegar vôos mais longos. Por exemplo, ao começar com um único voo de duas horas, você se sentirá mais confortável gradualmente para pegar os voos domésticos mais longos e até viajar para um outro continente no futuro.

    Às vezes, um voo longo é a sua única opção viável. Não tenha medo de se levantar e caminhar periodicamente pelos corredores ou praticar exercícios de alongamento nos assentos. Um corpo relaxado pode ajudar você a se manter calmo e prolongar a sua resistência durante o voo.

  • Leve um acompanhante

    Quando possível, tente viajar com outro membro da família ou algum amigo, pois isso pode trazer uma sensação de tranquilidade diferentemente de quando se está sozinho. Assim, você pode manter uma conversa durante o voo, presumindo que não quer descansar. E, se eles superaram o medo de voar, talvez compartilhem alguns dos exercícios que praticaram para manter a cama.

    Ter um companheiro de viagem apresenta o benefício adicional de saber que você não sentará ao lado de um completo estranho.

    Seu acompanhante também pode ajudar você a embarcar no voo, andar pelos terminais do aeroporto, pegar as bagagens e passar pela escala entre os voos de conexão. Se essa é a sua primeira vez voando, ir com um companheiro experiente vale muito a pena.

Identifique o seu medo de voar

Há diferentes razões pelas quais surge o medo de voar, por exemplo, condições de saúde, medo da turbulência, claustrofobia ou por não estar no controle do avião. Seja qual for o motivo, é possível superar seu medo.

Além disso, mais pessoas do que você imagina se sentem dessa forma. Pode ser reconfortante saber que, durante o voo, você não será o único no avião com medo. Na verdade, a rede norte-americana ABC News reporta que cerca de 25% das pessoas têm medo de voar.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).