Série de Magic: The Gathering terá diretores de “Vingadores”

Divulgação/Wizards
Animação comandada por Anthony e Joe Russo será lançada pela Netflix em 2020

Resumo:

  • Anthony e Joe Russo farão a direção criativa da série “Magic: The Gathering”;
  • O artista do premiado “Homem Aranha no Aranhaverso” também integra a equipe de direção e animação da produção;
  • A história é focada nos Planeswalkers, personagens viajantes do universo de Magic.

A Wizards of the Coast, publicadora do jogo de cartas Magic: The Gathering (MTG), anunciou uma parceria com os irmãos Joe e Anthony Russo, que dirigiram “Vingadores: Ultimato”, “Vingadores: Guerra Infinita” e os dois últimos filmes do Capitão América (“Guerra Civil” e “O Soldado Invernal”) para a produção de uma série animada do universo do jogo. O projeto tem previsão de lançamento na Netflix em 2020.

LEIA MAIS: “Vingadores: Ultimato” bate recorde: US$ 1,2 bi em estreia

A história da animação irá focar na história dos Planeswalkers, heróis e vilões com poderes mágicos famosos, no universo do card game, que tem mais de 35 milhões de jogadores pelo mundo.

Além da direção criativa dos irmãos Russo, a série baseada em MTG contará com a direção e animação de Yoriaki Mochizuki, dos longas “Homem Aranha no Aranhaverso”, “Uma Aventura LEGO” e “LEGO Batman: O Filme”. Entre os outros roteiristas estão: Henry Gilroy (“Batman: A Série animada”, “Star Wars: Rebels” e “Guerras Clônicas”), Jose Molina (“Agente Carter” e “The Thick”) e Mairghread Scott (“Ultimate Homem Aranha” e “Os Vingadores Unidos”).

O jogo de cartas ainda possui uma versão digital gratuita Magic: The Gathering Arena (MTG Arena), com o modo de jogo Crônicas da Guerra da Centelha, que se aprofunda na trama da atual coleção e permite aos jogadores mudar ilustração dos cards durante a construção de um deck.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).