Herdeiro da OAS morre após sofrer infarto em audiência da Lava-Jato

Reprodução
Cesar Mata Pires Filho morreu aos 40 anos

Herdeiro da empreiteira OAS, Cesar Mata Pires Filho, 40 anos, morreu hoje (25), após ter sofrido um infarto enquanto prestava depoimento em uma audiência da Operação Lava-Jato, em Curitiba.

LEIA MAIS: CVM multa Eike Batista em R$ 536 milhões

A causa oficial da morte de Cesar Mata Pires Filho ainda não foi informada pelo hospital. Ele estava internado desde o dia 8 de julho.

Cesar foi submetido a uma intervenção cirúrgica no dia seguinte à chegada ao Hospital Santa Cruz, em Curitiba. A operação foi bem-sucedida e o quadro do empresário foi considerado estável após o procedimento. O empreiteiro foi transferido para São Paulo.

Cesar era acusado de corrupção na construção de um prédio da Petrobras em Salvador. O empreiteiro foi preso no ano passado e foi solto após pagar fiança de R$ 29 milhões.

O pai dele, Cesar Mata Pires, um dos fundadores da empresa, também morreu após sofrer um infarto, em agosto de 2017.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).