Os 7 óleos essenciais para a ansiedade

Getty Images
Conheça as melhores indicações da aromaterapia

Resumo:

  • A aromaterapia é uma prática milenar usada para reduzir o estresse e a ansiedade de forma natural;
  • Veja quais são os óleos essenciais mais indicados para a prática.

Nossa agenda está cada vez mais cheia, e, depois de um dia de diversas tarefas, é normal se sentir sobrecarregado e ansioso. Assim como existem vários causas para a ansiedade, existem várias formas de lidar com ela. A prática não é nem um pouco nova, mas muitos ainda estão descobrindo os benefícios dos óleos essenciais.

LEIA MAIS: As melhores cafeteiras de prensa francesa

A aromaterapia existe há milhares de anos e até hoje cientistas ainda estudam seus benefícios. Extraídos de plantas, os óleos essenciais podem ser usados de diversas maneiras, mas o objetivo é que a pessoa inspire seus aromas calmantes. Alguns óleos essenciais são conhecidos por seus efeitos tranquilizantes, mas é preciso alguns testes para encontrar a mistura certa para você.

  • Lavanda

    A lavanda (Lavandula angustifolia) é popular por ser relaxante. Por isso, é encontrada na formulação de tantos produtos de saúde e bem-estar atualmente, mesmo os infantis. Se você já passou por uma plantação dessa bela planta de cor lilás, talvez entenda porque seu aroma é tão relaxante.

    Usada por nossos ancestrais por séculos, o impacto da lavanda no sistema nervoso autônomo foi muito estudado. Ao menos uma pesquisa mostrou que o óleo de lavanda pode aliviar sintomas relacionados à ansiedade e à depressão, além de também ajudar com enxaquecas.

  • Vetiver

    Você pode não saber o que é o vetiver (Vetiveria zizanioides), mas esse óleo essencial é conhecido por suas propriedades antioxidantes. Na verdade, o vetiver ajuda a combater os radicais livres e auxilia seu corpo a se livrar de toxinas e poluentes do ambiente. Remover essas substâncias pode elevar seu senso de bem-estar.

    Algumas evidências mostram que o vetiver também melhora a saúde emocional. Segundo um estudo, quando ratos receberam vetiver, o efeito foi similar ao do diazepam, um remédio prescrito para ansiedade. Recentemente, o óleo foi incluído em tratamentos de déficit de atenção e hiperativdade para adultos e crianças.

  • Bergamota

    Se você já tomou chá Earl Grey, conhece o aroma floral distinto e o gosto de bergamota (Citrus bergamia). Fãs de “Jornada nas Estrelas: a Nova Geração” se lembram da bebida preferida do capitão Jean-Luc Picard. (Talvez seja por isso que ele mantenha a calma em batalhas intergaláticas tão estressantes.)

    Além do gosto único do chá, foi comprovado, em um estudo de 2015, que o óleo de bergamota melhora o humor, reduz fadiga e diminui os níveis dos hormônios do estresse. Outro estudo mostrou que o óleo de bergamota tem propriedades calmantes e que reduzem a ansiedade.

  • Ylang Ylang

    Derivado da árvore Cananga da Indonésia, o ylang ylang (Cananga odorata) virou um ingrediente em cosméticos porque suas propriedades calmantes e bactericidas fazem bem para a pele. Ele também pode ser usado para melhorar a saúde emocional.

    O ylang ylang promove o relaxamento. Foi comprovado que ele reduz o estresse corporal, os níveis de cortisol e a pressão sanguínea (então, aqueles com pressão baixa talvez devam evitar o ylang ylang).

  • Camomila romana

    Se alguém já sugeriu que você tomasse chá de camomila para relaxar, essa pessoa estava certa. A camomila romana (Chamaemelum nobile) é usada por suas propriedades calmantes desde os tempos antigos.

    Um estudo publicado na revista de medicina alternativa “Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine” mostrou que a camomila pode reduzir a ansiedade em pacientes na UTI melhor que métodos tradicionais. Outra pesquisa mostrou que a camomila pode acalmar a “mente hiperativa” e suas preocupações.

  • Olíbano

    Possivelmente um dos óleos essenciais mais conhecidos, o olíbano (Boswellia carteri or Boswellia sacra) foi referenciado na Bíblia várias vezes e é muito usado na sociedade moderna. Dentre seus diversos benefícios, está o potencial de superar o estresse estimulando regiões límbicas do cérebro.

    Um estudo do departamento de enfermagem da Universidade Keimyung, na Coreia do Sul, mostrou que, quando usado em massagens, o olíbano reduz a ansiedade e depressão do paciente. Além disso, muitos usam o olíbano para silenciar a mente e aprofundar práticas meditativas.

  • Rosa

    Parar e apreciar a natureza pode ser mais benéfico do que imaginamos. Além de melhorar nosso emocional, o aroma das rosas (Rosa damascena) pode ter benefícios adicionais.

    O jornal científico iraniano “The Iranian Journal of Nursing and Midwifery” publicou um estudo mostrando que mulheres que fizeram aromaterapia com lavanda e rosa durante 15 minutos no pós-parto tinham menos chances de apresentar sintomas de depressão pós-parto ou ansiedade no geral.

Lavanda

A lavanda (Lavandula angustifolia) é popular por ser relaxante. Por isso, é encontrada na formulação de tantos produtos de saúde e bem-estar atualmente, mesmo os infantis. Se você já passou por uma plantação dessa bela planta de cor lilás, talvez entenda porque seu aroma é tão relaxante.

Usada por nossos ancestrais por séculos, o impacto da lavanda no sistema nervoso autônomo foi muito estudado. Ao menos uma pesquisa mostrou que o óleo de lavanda pode aliviar sintomas relacionados à ansiedade e à depressão, além de também ajudar com enxaquecas.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).