Upgrades do iPhone 11 dão segunda chance ao smartphone

Reprodução
Novidades do dispositivo da Apple devem incluir câmera, design e memória

Resumo:

  • Novos designs e funcionalidades vão chegar para câmeras, telas, Face ID e também mais opções de memória;
  • Em 12 anos, o novo modelo será o primeiro sem “iPhone” escrito na parte de trás do dispositivo;
  • O novo smartphone da Apple ganhou uma segunda chance, mas mantém-se a recomendação de aguardar os lançamentos de 2020.

Quase tudo sobre o iPhone 11 já vazou. Coisas boas, ruins e inexplicáveis. E até a Apple quer que todos saibam a data de lançamento. Mas acontece que a empresa ainda tinha algumas surpresas escondidas. Até agora, pelo menos.

LEIA MAIS: Por que o iPhone dobrável custará US$ 3 mil 

Unindo forças para dar um furo grande, o popular YouTuber Filip Koroy (também conhecido como EverythingApplePro) e Max Weinbach, da XDA-Developers, revelaram que a Apple está preparando updates surpreendentes em design, câmera, Face ID e armazenamento, que ninguém havia previsto. E todas as novidades têm potencial de mudar a maneira como as pessoas veem a linha do iPhone 11, que já nasceu ridicularizada por seu design estranho.

Em termos de design, Weinbach revela que a Apple dará a todos os seus novos iPhones um acabamento fosco, diferente das gerações anteriores, além de um verniz com as cores do arco-íris no logotipo da Apple na parte de trás. Também é esperado que o escrito “iPhone” desapareça dos telefones, pela primeira vez em seus 12 anos de história.

Quanto à câmera, foi revelado que a Apple terá tecnologia de aprendizado automático na captura de imagens do iPhone 11 graças a um recurso inteligente chamado “Siri Intelligence”. A Huawei já percorreu a rota da inteligência artificial ​​em suas câmeras de smartphone com grande sucesso. Além disso, Koroy explica que a Apple usará agora todas as três lentes para captura no modo retrato, e a gravação 4K 30fps estará disponível na nova câmera grande angular de 120 graus (exclusiva dos iPhone 11 Pro e Pro Max). Os microfones também serão melhorados na gravação de vídeo em estéreo.

Talvez o que irá agradar mais aos fãs é a notícia de que a Apple vai dobrar o armazenamento de entrada do iPhone 11 Pro para 128 GB, muito mais atraente do que os atuais 64 GB. Também estarão disponíveis 256 GB e 512 GB.

Weinbach também diz que o Face ID terá grandes melhorias de desempenho planejadas para sua terceira geração; alinhadas em termos de velocidade com a segunda (e última) geração do Touch ID. Seria um enorme aumento de velocidade, dado o número de vezes que os aparelhos são desbloqueados ao longo do dia.

VEJA TAMBÉM: Apple confirma prêmio de US$ 1 mi para quem hackear iPhone

Outros detalhes incluem melhoria da imagem nas bordas do iPhone 11, em comparação com o iPhone XR2, embora isso ainda o deixe bem atrás dos aparelhos da Samsung. Aparentemente, a Apple também testou uma versão de seus novos iPhones sem o botão silenciar, mas, felizmente, a ideia foi descartada.

Nenhum desses upgrades justifica o Pro na nova marca da Apple, mas são uma combinação de melhorias úteis e genuinamente interessantes.

Eu ainda aconselho que você espere até o lançamento do próximo ano, que deverá ter um grande redesenho, mas as novidades deram ao iPhone 11 uma segunda chance.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).